Esse é um problema que não pode ser ignorado, pois a qualquer momento, pode causar um grave acidente.

Pneus, na maior parte das vezes, são a última coisa em que pensamos em nos preocupar, o que é normal visto que nos esquecemos de realizar a checagem ou substituição, já que estes produtos duram por mais de um ano.

(Foto: divulgação)

Bolhas nos pneus constituem um problema grave. São causadas por buracos ou por guias de pista que deformam a estrutura metálica que compõe o pneu e podem aparecer interna ou externamente. Além da percepção visual, podemos tomar conhecimento da existência de uma bolha através de trepidação no volante ou barulho atípico do pneu. Se ignoradas, as bolhas podem causar acidentes sérios. Por exemplo, quando um pneu traseiro estoura com o veículo em alta velocidade, o carro perde a direção e a aderência, e isto faz com que ele gire na pista.

Para evitar acidentes devido as bolhas, é preciso verificar regularmente os pneus, principalmente, depois de passar por vias esburacadas. Se alguma bolha surgir, troque o pneu o mais rápido possível. Quando por algum motivo necessite adiar essa substituição por um tempo, é recomendado que o pneu com bolha fique na dianteira do veículo e não na traseira, pois caso o mesmo estoure, você ainda terá o controle do veículo sem perder a aderência e rodar.

E o mais importante, evite vias esburacadas e não atropele as guias da pista.