O rio cujo nome tem origem na língua tupi e significa água de camarões tem importância histórica para o Rio Grande do Norte a começar pelo próprio nome, originalmente Potenji, alterado para Rio Grande, e que apesar de a partir desta denominação ter dado origem ao nome do estado, retornou a seu nome original- Potenji.

O Rio Potenji é o principal rio do Rio Grande do Norte e foi descoberto pelos portugueses por volta do século XVI, quando foi prontamente batizado de rio grande devido a sua extensão, o que mais tarde deu origem a denominação do local de Capitania do Rio Grande.

Bem próximo ao rio está uma das construções mais visitadas da capital do estado, Natal, a Fortaleza da Barra do Rio Grande, conhecida como a Fortaleza dos Reis Magos, edificação militar estrategicamente levantada entre o rio e o mar, de onde é possível desfrutar de uma paisagem belíssima e de um pôr-do-sol encantador.

No entorno do rio estão a Ponte Igapó, a Ponte de Todos, o Porto de Natal e o Farol de Mãe Luíza, este localizado em bairro do mesmo nome, donde se tem uma vista completa do litoral potiguar e é aberto à visitação mediante agendamento.

Além de muito bonito, o rio tem fauna diversificada e atrai pescadores que dele tiram seu sustento. Além disso, seu estuário é considerado um dos ecossistemas mais produtivos do planeta pela World Wildlife Fund (WWF). A riqueza aquática do lugar que reúne características tanto do rio quanto do mar em uma mescla de águas doces e salgadas enriquece o bioma brasileiro especialmente em relação ao ambiente de manguezal.

Navegar pelas águas desse rio é uma verdadeira aula de ciências!

Fotos do Rio Potenji, RN por Clarissa Xavier Machado.

Website Comments