A Literatura Espiritual voltou. E está mais forte do que nunca. Com uma tônica muito mais abrangente e com foco no mundo espiritual enquanto primeira fase de criação do mundo, a temática envolve várias religiões e estudos teológicos. Abraçando investigações de documentos históricos e sacros, esse ramo da literatura, também conhecido como Literatura Mística, vai muito além de reles auto-ajuda e tampouco versa sobre tratados filosóficos. O escopo dos trabalhos nesta linha sejam eles sob o prisma de constatação, compilação ou até mesmo ficção é promover uma reflexão apontando tanto a verdadeira essência do ser humano, qual seja ser luz, quanto para os caminhos a trilhar rumo a uma evolução.

A busca pelo Criador e pela compreensão do mundo por Ele criado permeia todas as obras e é inevitável não falar de celestiais (hierarquia e milícia celeste), deuses mitológicos até mesmo porque a origem de muitas nações e povos é atrelada ao tema e até mesmo seres de outros planetas (extraterrestres). A riqueza de detalhes nesta obras é apaixonante e para os que estudam Cabala e Eubiose, este campo literário é especialmente de grande valor.

A Literatura Espiritual ou Mística atrai muita atenção, mas também muita incompreensão. A palavra misticismo, em nossa cultura, acabou por ser associada à magia e ao mistério no sentido negativo. Na verdade, misticismo apenas designa “pessoa iniciada em uma religião de mistérios”, e mistérios, toda religião tem, afinal o que é a Santíssima Trindade senão um grande mistério? Os antigos cristãos, na verdade, preferiam a palavra contemplação para indicar algo que fosse místico, porém os judeus e os islãs, em sua maioria, adotam a palavra com absoluta naturalidade, e sobretudo, com um sentido muito positivo.

Ainda que muitos tentem separar a Literatura Espiritual em Literatura Judaica, Literatura Judaico-Cristã, Literatura greco-árabe, Literatura Bíblica e Literatura Evangélica isto não parece funcionar realmente já que todas as religiões têm sua origem em um mesmo ponto: o Criador e a criação do mundo. Ademais, ainda que símbolos, referências e linguagens possam ser diferentes entre as várias confissões religiosas e espiritualistas uma coisa é certa: a espiritualidade e os desejos de paz, de energias positivas, de iluminação, de crescimento espiritual, de sabedoria e de evolução espiritual para os humanos estão em todas as obras que concernem o tópico.

Duna Writers tem convicção do quão vital é esse tema para o desenvolvimento humano e, por isso, põe a disposição de seus leitores obras de escritores brasileiros que em muito agregam valor a este assunto tão pouco tratado e pesquisado no Brasil.

Confira os recentes títulos na área de Literatura Espiritual, adquira já, inspire-se e muita luz pra você!

Disponíveis em Duna Writers formato digital, Amazon kindle e paperback para todos os territórios.

 

Website Comments

  1. Vera Helena Pancotte Amatti

    Excelente resenha, pois dá uma dimensão do trabalho da Duna no sentido espiritual. Ao mesmo tempo, atrai o leitor que busca entrar em contato com a elevação pessoal.