O incêndio no Museu Nacional foi manchete nos principais jornais noruegueses. NRK em matéria bastante completa com direito a vídeo, dá especial destaque à importância do museu para a história do Brasil, mencionando o parecer que Håkon Glørstad, diretor do Museu de História Cultural de Oslo deu ao NRK a respeito da ocorrência: “Este museu é, de certa forma, o banco de conhecimento coletivo no Brasil” e “É uma tragédia, há objetos que nunca podem ser substituídos”. NRK relata a relação do museu com a família imperial. Dagbladet destaca a importância do museu e menciona quão fantástico e belo o palácio era, e que era uma referência, sendo o mais importante do país. O artigo menciona a fundação em 1818 por Dom João VI e a quantidade de objetos raros guardadas lá ao longo dos anos que incluía coleções das famílias reais e imperiais e coleções históricas de trabalhos arqueológicos e antropológicos. VG também traz vídeo mostrando o museu em chamas e comenta acerca da fundação por Dom João VI e ativos valiosos do país viviam lá. Cita os dinossauros e o esqueleto de Luzia. O Aftenposten manteve semelhante tom em seu artigo apontando para destruição do museu, considerando o fato uma grande tragédia não só por sua história e ligação com a família real como também por tudo o que abrigava. Ao final da reportagem, há um breve resumo da história do museu, citando Bendego, o maior meteorito já encontrado no Brasil.

Matéria original do NRK aqui.

Matéria original do Dagbladet aqui.

Matéria original do VG aqui.

Matéria original do Aftenposten aqui.

Leia os principais jornais da Noruega no acesso rápido Duna Press Periódico – NORUEGA. Clique aqui.

Comments are closed.