1. No dia 7 de setembro acontece o desfile cívico de 7 de setembro, desfile do feriado de 7 de setembro, parada Militar de 7 de setembro, desfile da Semana da Pátria…

Onde está o erro?

O desfile é em razão da data 7 de setembro, data em que se comemora o dia da Independência do Brasil. O desfile é da Independência do Brasil e a semana é da Independência.

2. Desfile será aberto com a execução do Hino Nacional.

Onde está o erro?

O desfile é em homenagem à Independência do Brasil, portanto, a abertura com o Hino da Independência parece fazer mais sentido, cuja melodia, aliás, foi composta por Dom Pedro I, que proclamou a Independência.

3. Quem será homenageado no desfile de 7 de setembro esse ano?

Onde está o erro?

Os homenageados deveriam ser sempre (d)a família real/ imperial e o próprio país enquanto nação (tradições e culturas dentro do processo de independência e formação do povo). Não há sentido em homenagear outros personagens históricos, muito menos pessoas de histórias controversas, antimonárquicas, republicanas ou até comunistas. A idéia é trazer à memória os acontecimentos da época e resgatar os episódios que precederam e sucederam à data.

4. Vamos fazer protestos e no meio do desfile levantar cartazes mostrando nossa indignação. Vamos todos vestidos de preto!

Onde está o erro?

A data é para celebrar, exaltar, festejar a independência do país. É uma comemoração, como uma grande festa de aniversário. A data é um marco e é simbolicamente considerada o Dia do Brasil. É um momento de civismo, patriotismo, nacionalismo e até certo ufanismo. Não há qualquer sentido em promover manifestação ou demonstração de descontentamento. Não ter o que comemorar porque na atualidade a política deixa a desejar é outra situação e não tem a ver com a data em questão. O dia não combina com cartazes de revolta ou petições e sim com bandeiras e fitas em verde e amarelo. Curiosamente, o país se enfeita muito mais para a copa do mundo do que para a festa da Independência do Brasil. O desfile da Independência tem repercussão internacional, é uma data muito honrosa.

5.O que fazer no feriado de 7 de setembro?

Onde está o erro?

Não há porque pensar no que fazer como se o dia não tivesse nada a oferecer. O dia é um convite aos festejos e à confraternização. O que fazer é participar do desfile onde quer que se esteja, organizar desfiles onde não exista, celebrar em família, com amigos e vizinhos. É uma festa nacional, a maior delas. Ou deveria ser. Festejamos o orgulho nacional e prestigiamos nosso país.

6. Pacotes de viagens especiais para você viajar no feriado de 7 de setembro.

Onde está o erro?

A data é uma honra para o país e o seu povo deve buscar participar e não se ausentar ou se excluir, é um evento cívico, de fraternidade e união do povo. O povo deve ser encorajado a preparar e enfeitar suas cidades, alegrar-se e tomar parte ativamente dos festejos.

7. O desfile de 7 de setembro é chato, coisa do passado e quem gosta de passado é museu!

Onde está o erro?

Chato é não ser patriota, não ser uma nação unida, não se interessar pela história nacional, ou pior distorcê-la ou desprezá-la. Conhecer o passado a partir de suas fontes primárias é vital para o futuro, um dos motivos pelos quais os museus são tão significativos. Um povo sem passado é um povo sem identidade, e um povo sem identidade é fraco e manipulável. O Dia 7 de setembro é um convite anual para o povo se unir, pois enquanto o povo não se unir e não resgatar os valores cívicos e patrióticos, o país não terá chances de prosperar.

Feliz Dia da Independência!

Feliz Dia do Brasil!