Desde 2001, o dia 11 de setembro tem sido lembrado pelos atentados terroristas ocorridos nos Estados Unidos e que matou várias pessoas. As pessoas, ainda consternadas, promovem celebrações e tributos em homenagem aos mortos nos ataques.

Entretanto, não só os Estados Unidos são vítimas de atentados. Todos os dias no Brasil atentados terroristas de todos os tipos acontecem. Conflitos armados surpresa (arrastões), de balas perdidas, latrocínios, homicídios, de ônibus queimados, tentativas de assassinato, seqüestros, raptos, tráficos e a proliferação de uma cultura criminosa (mídia, música e artes) e de uma série de intimidações e chantagens psicológicas diárias – tudo isso é terrorismo.

Sim, estamos sob terrorismo no Brasil e somos atacados a cada minuto; quem não foi advertido antes, que o seja hoje, 11 de setembro, dia marcado por ato terrorista na América e de menção internacional todos os anos.

Todavia, haverá quem diga, ao ler este artigo de opinião, que nada disso existe. E que tudo não passa de ledo engano. Tudo fruto de uma fértil imaginação. Porque, afinal, no Brasil não há nem nunca houve nenhum atentado terrorista (nem mesmo em cifra negra). Está tudo bem no País Tropical, e la nave va.

Dizem: faça a crônica, conte o que acontece…

Mas quem é que sabe o que acontece?”.

(Federico Fellini – E La Nave Va)

Comments are closed.