Esmiuçando um pouco mais o tema da zona de conforto, temos que ela pode também ser entendida de duas formas bem claras:

A primeira é a Acomodação e a segunda é o Medo, sendo que ambas significam para alguns como preguiça de dar um passo a mais. Pois bem, entendamos cada uma.

1 – A ACOMODAÇÃO: É sentir-se estável, estar satisfeito com o que conseguiu que já não almeja mais nada, que já conseguiu mais que os outros e então já é o suficiente e já está bom.

É o suprimir novas ambições, pressões, e não somente no campo material ou dinheiro. É não querer fazer nada porque precisa ter uma ação para iniciar um novo caminho.

O crescimento pessoal, espiritual, de conhecimento deve ser contínuo e infinito, pois muitos começam e vão até um patamar e, de repente, param tudo, cancelam tudo, e voltam quase a estaca zero, e aí começa a tristeza, depressão, desânimo, cansaço, mesmo sem fazer nada.

Quem se deixa levar pela acomodação não quer mais desafios, estão totalmente na zona de conforto. É como perder o cavalo encilhado que passou em sua frente e você não montou.

2 – O MEDO: É medo no sentido literal da palavra que deve ser entendido, como tenho medo de arriscar uma faculdade, de fazer um curso, fazer uma palestra. Vai que não aprendo, vai que não consigo, vai que dá errado. Por isso temos que trocar o medo pela confiança em Deus.

É uma zona de conforto pois comodamente dizemos não para tudo, seja abrir um negócio, buscar um emprego, investir nosso dinheiro.

O medo é tamanho que se enterram todos os talentos. Todos nascemos com aptidões para certas áreas, porém temos que deixar a Centelha Divina que temos dentro de nós agir e fazer esses talentos e habilidades aflorarem.

Se não ultrapassar ou não der o primeiro passo contra esse medo, o efeito será o mesmo da acomodação, sofrimento, tristeza e por aí vai.

Não duvide, pois Deus/o Todo está contigo, basta fazer o bem.

Em Números 13: 32,33 a Bíblia nos mostra:

32 – E infamaram a terra que tinham espiado, dizendo aos filhos de Israel: A terra, pela qual passamos a espiá-la, é terra que consome os seus moradores; e todo o povo que vimos nela são homens de grande estatura.
33 – Também vimos ali gigantes, filhos de Anaque, descendentes dos gigantes; e éramos aos nossos olhos como gafanhotos, e assim também éramos aos seus olhos.

Assim, os homens que foram espiar a terra prometida inflamou o povo, pois estavam na ZONA DO MEDO/CONFORTO e toda a congregação levantou a sua voz, e o povo chorou naquela noite.

Há outros exemplos das escrituras que podes localizar esta zona do medo, mas o que importa é que a maioria das pessoas quer ficar na zona de conforto, que pode ser a morte e acomodação, e querem um salvador da pátria para não precisarem fazer nada e esperar tudo cair do céu por um único indivíduo.

Para sair da zona de conforto passamos por medo, mas temos que superá-lo. A exemplo das histórias bíblicas temos Davi, que era um pastor de ovelhas e virou Rei de Israel. Davi matou o gigante com uma pedra, pois Deus lhe deu esse desafio para que superasse suas dificuldades e medos, e Davi assim o fez.

O Todo quer te mostrar o mundo que não vemos e que quando você passar pelo medo ele estará contigo.

Em muitos países, e principalmente aqui no Brasil, vivemos a cultura do concurso público, ou seja, entrar numa “estabilidade” e ficar eternamente até o fim dos dias. Buscar isso como se fosse a coisa mais importante do mundo. ESTABILIDADE NÃO EXISTE, POIS É IGUAL ESTAR NA UTI, MAS ESTÁVEL. ESTABILIDADE É RETROCESSO, ZONA DE CONFORTO É O CONTRÁRIO DE CRESCIMENTO, É INVOLUÇÃO E NÃO É EVOLUÇÃO. Portanto, CUIDADO!

A Inglaterra tem o mesmo número de funcionários públicos desde o ano 1930, quase 100 anos após, portanto, mesmo com crescimento populacional, desenvolvimento, e, sendo um país de primeiro mundo.

A conta no país não fecha há muito tempo, por muitos motivos, mas também pelos privilégios do funcionalismo em sua maioria, altos salários e aposentadorias altas, em detrimento da iniciativa privada, que tem baixo salário, poucos benefícios e uma aposentadoria miserável.

Enfim, toda zona de conforto é em detrimento de alguém, pelo esforço ou exploração de outras pessoas. Pura matemática.

Links dos artigos anteriores:

Artigo 1 – clique aqui.
Artigo 2 – clique aqui.
Artigo 3 – clique aqui.
Artigo 4 – clique aqui.
Fonte da imagem: https://osegredo.com.br/o-desafio-de-sair-da-zona-de-conforto/

Comments are closed.