A disputa ocorreu no autódromo de Sóchi, e foi dominada pelos favoritos dessa temporada. Em especial, a equipe RBR se destacou com seus pilotos Verstappen e Ricciardo, que recuperaram posições. O grid de largada foi liderado por Valtteri Bottas, seguido de Hamilton e Vettel.

Max Verstappen e Daniel Ricciardo que largaram na P18 e P19 respectivamente, partiram para a conquista de posições com êxito em se aproximar dos líderes.

Outro que estava com o mesmo objetivo, era Charles Leclerc (Sauber). O piloto largou na P7 e na segunda volta, conseguiu de forma espetacular deixar Ocon (Racing Point) e Magnussen (Haas) para trás e assumiu a P5. Na mesma volta, Verstappen já tinha conseguido conquistar a P11.

Mais a frente, Brendon Hartley e depois Pierre Gastly (Toro Rosso) perderam o controle e saíram da pista. Ambos tiveram o mesmo problema mecãnico e foram para os boxes. Os pilotos abandoram a prova após um tempo.

A partir da volta 14/53, Verstappen já estava na P4 logo atrás de Hamilton, Raikkonen e Vettel. Max aproveitou o pit de Vettel e o ultrapassou. E fez isso com os outros líderes até enfim assumir a liderança. Os pilotos ficaram surpresos e assim como os espectadores, imaginaram que o piloto da RBR ia tentar vencer sem trocar os pneus, que já estavam em estado crítico. Mas ao faltarem apenas 10 voltas para o fim da corrida, foi obrigado a parar e fazer o pit-stop. Ao sair dos boxes, caiu para a P5 à frente de Ricciardo (P6), e ambos mantiveram a posição.

Após uma competição confusa e acirrada, Lewis Hamilton vence o GP da Rússia, seguido de Bottas e Vettel.

A próxima fase será no GP do Japão amanhã, dia 07 às 02:10h.

Comments are closed.