MagazineNews

Noruega e a linguagem de sinais: acessibilidade, inclusão e excelência

A Noruega tem tradição em acessibilidade e inclusão. O país tem um excelente trabalho na área de datilologia, e  já no século XIX contava com grupos de teatro para deficientes auditivos. Atualmente, a Federação Norueguesa de Surdos organiza cursos anuais e várias associações como Statped e Ål Folk High School organizam cursos introdutórios de linguagem de sinais, geralmente no outono e na primavera.

A Língua de Sinais norueguesa é a Tegnspråk e seu ensino está em várias faculdades e universidades do país, pois o ensino superior formal é necessário para ensinar a língua de sinais nas escolas primária e secundária. A Bergen University College, a Faculdade de Universidade de Oslo e a NTNU (Norwegian University of Science and Technology) em Trondheim, por exemplo, oferecem estudos tanto em língua de sinais bem como em linguagem de sinais e interpretação.

Na educação infantil e no ensino fundamental crianças e adolescentes que escolhem a língua de sinais na educação tem alicerce nas leis Barnehagelova §19h  e Lei de Educação §2-6  e  §3-9 . É, ainda, possível que os alunos estudem linguagem de sinais ou língua de sinais como língua estrangeira, como eletiva na escola secundária.

A NRK TV possui programas em Tegnspråk (porém não estão disponíveis fora da Noruega) e na Norsk Lyd-og Blindskrift Bibliotek há um programa que oferece acesso gratuito a um grande acervo de audiobooks (ficção, literatura, jornais e periódicos) para todos que, por motivos de saúde, tenham dificuldades em ler o texto impresso. O programa é pensado para portadores de paralisia cerebral, fadiga crônica, problemas de concentração, perda visual (que não pode ser corrigida com óculos), incapacidade, lesão ou doenças que causem tremor de mãos (dificuldade em manter o livro em posição), mobilidade ou força muscular reduzida, falha cognitiva e dificuldades de linguagem. Livros em Braille e Literatura de Estudo também são oferecidos para estudantes em universidades, faculdades e escolas vocacionais.

Qualquer pessoa que se enquadre nas situações acima pode inscrever-se no NLB. Nas  páginas do NLB,  você pode ler  e ouvir faixas de áudio. Clique nas palavras para  inscrição , termos  e como começar a  usar audiolivros.  Os audiolivros podem ser ouvidos através do aplicativo de áudio, PC / Mac ou  Daisy .

Clique aqui para acessar a informação original.

Sobre o trabalho com linguagem de sinais na Noruega clique aqui.

Federação Norueguesa de Surdos acesse aqui.

NRK TV Tegnspraak clique aqui para visitar a página.

Para contato:

biblioteket@tnb.no

Telefone: 33 35 49 00 (Noruega)

 

Print Friendly, PDF & Email

Paulo Fernando De Barros

Colunista e editor para a Noruega em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo