Eles querem servos, poder, dominação.

Eles trabalham dia e noite pois há interferências, como as de Cristo.

Quando há projetos para salvar crianças, tirar pessoas da fome, há sempre ongs, partidos, governos por detrás, e adivinha quem comanda cada destas instituições? Os reptilianos. Isso mesmo.Eles não trabalham honestamente como deveriam.

Eles não têm a total certeza que todos aceitem a ditadura que eles querem, então eles trabalham com subterfúgio em tudo, sempre vendendo o lobo como ovelha. A grande maioria “bons” samaritanos, com grandes “boas” intenções, e 99,9% politicamente correto. Conseguiu entender o mundo só nestes dois parágrafos? Fácil, né?

Não precisamos nos desesperar, achar que tudo está perdido. Temos muito mais poder do que podemos imaginar. Precisamos trabalhar para o Todo e evoluir espiritualmente, ajudar os outros, estudar, trabalhar…

Vejamos as guerras e alguns armamentos que existem hoje no mundo.

Cada míssil tomahawk custa em torno de 1 milhão de dólares (U$ 1.000.000,00). Dezenas de governos encomendam 300 ou 400 do dia para noite e pagam à vista. Há governos que possuem milhares destes em estoque.

Cada país faz isso e muitas fábricas faturam bilhões ao ano.

Se uma ínfima parte desses valores fossem sabiamente utilizados, acabaríamos com a fome do planeta, com falta de saneamento e educação, sem dúvida, sem falar que melhoraríamos o ambiente e criaríamos muitas outras formas de coisas, ideias, produtos, etc., tudo para que todos evoluam e conheçam as verdades do Universo.

Mas, esse é o planeta terra. Adoramos nos matar, nos dominar, escravizar, tirar proveito de nós mesmos e dos outros seres.

Há muitos sequestros de crianças em todo mundo, muita pornografia infantil e adulta e, o mais assustador de todos os índices é o aumento de abafamento da pedofilia, onde milhares de crianças são abusadas anualmente.

Tudo gera consequência. Há pesquisas e estudos de que 70% dos casos de pedofilia ficam em segredo, ou seja, não são divulgados nem descobertos pelas autoridades, tudo por desejo da própria família, pois quando acontecem casos dentro da própria casa, falar para autoridades ou denunciar é “causar problema” para o pedófilo. Isso está se tornando normal, se tornando mais uma forma de Consentimento, que também serve para a Engenharia do Consentimento.

Tudo está sendo arquitetado, incentivado, planejado pelos dominantes, para que se torne inconsciente e natural acontecerem tais fatos, desde sequestro e matança de crianças até pedofilia em todos os níveis.

Todos colhemos os resultados disto, mesmo vivendo em outro país.

A crise de 1929 foi um sinal de que nem tudo é como parece, pois alguns se revoltaram contra o sistema financeiro e causou a tal “crise de 1929”, a qual foi uma falha no próprio sistema implantado, e que uma minoria conseguiu descobrir e causar a falência econômica do mundo.

Já se descobriu uma nova crise futura semelhante a de 1929, porém não há voz para quem fala sobre o tema. A discrepância é de 1 economista para 1 milhão, ou seja, uma gota contra o oceano.

Só fabricar dinheiro como estão fazendo agora não resolverá o problema econômico das nações. Isso é demência e só está sendo implementado por um plano muito bem bolado e que vem sendo muito bem executado pelos donos dos sistemas/matrix. Porém, nosso alerta é que isso não durará ad infinitum, terá um fim, pois é insustentável.

Quer começar a sair das mãos de outros? Pare de se endividar. Não faça dívidas. Seja superavitário sempre em sua vida, independente de seu ganho.

Estamos aqui não para pagar pecados, estamos pagando uma conta com o Todo que vai muito além de dinheiro. Temos que pagá-la de várias formas, começando ajudando ao próximo, e, continuar a ajudar, ajudar, ajudar… Bancar o pequeno não ajuda o mundo e nem os outros. Encolher-se e ter pena do que os outros vão pensar de você, para que não se sintam inseguros perto de você, é apagar seu brilho. Quem sou eu para ser brilhante, atraente, incrível? Na verdade quem é você para não brilhar?

Na medida em que deixamos nossa luz brilhar, inconscientemente concedemos a permissão aos outros fazerem o mesmo, criando uma massa crítica coletiva que precisamos.

O mundo não é material, porém vivemos no paradigma ainda materialista. O universo é ondas e informação, cada objeto e pessoa é pura energia. Somos informação, consciência e energia. Abramos os olhos para o colapso da função de onda, as energias e como acessá-las, saindo do materialismo, pois somos um Todo e um só.

Precisamos sair da zona de conforto de forma individual e coletiva! E mais, precisamos sair das amarras que nos dominam, pois estes que criaram sabem o que estão fazendo e onde querem chegar. E nós, sabemos?

Fonte da imagem: http://www.revistaea.org/pf.php?idartigo=3180

Comments are closed.