O Parque das Águas São Lourenço costumava abrigar uma iniciativa particular das mais excelentes: Projeto Leitura no Parque.

A idéia era bastante promissora com o escopo de incentivar o hábito da leitura.

O acervo era composto por livros doados e continha desde clássicos até títulos mais atuais. E qualquer pessoa que estivesse no parque poderia a qualquer hora pegar, sentar e ler.

Imagine passar uma tarde desfrutando de uma bela paisagem e um bom livro enquanto bebe-se as águas medicinais. Parece mesmo perfeito.

Entretanto, o projeto acabou por chegar ao fim. Notícias são de que muitos visitantes não seguiam as instruções: pegar, ler e devolver, de modo que os livros foram minguando até não mais valer a pena. As doações também não eram robustas, e assim, não havia como suprir os desfalques.

Uma sensação de vazio toma conta. O cantinho dos livros está lá. Branco. Pálido. Sem vida. E sem aquele cheiro tão peculiar, que tão bem conversava com os outros cheiros. O cheiro da água, o cheiro das flores, o cheiro da terra.

Quem sabe um dia desses, algum clamor ressoe e o projeto tome corpo novamente, e o parque volte a contar com, além de muitas fontes de águas, de muitas fontes de saber.

Teatro de Bambu onde acontecem os espetáculos.

Para mais informações sobre a Cidade de São Lourenço, Minas Gerais, clique nos títulos abaixo:

Destino São Lourenço I

Destino São Lourenço II

Destino São Lourenço: a cidade mais francesa do sul de Minas

São Lourenço: a capital espiritual do Novo Milênio

Aniversário de São Lourenço: 91 anos

Campeonato de iô-iô agita São Lourenço

*Fotos por Clari Machado

Comments are closed.