1. Iniciar uma campanha em prol de um cidadão;
  2. Usar a hashtag de campanha do candidato nas mídias sociais, especialmente Twitter;
  3. Pessoas do povo organizam abaixo-assinados (pode ser online também);
  4. Movimentos redigem cartas relatando a importância do candidato;
  5. Organizações elaboram petições demonstrando apoio e importância;
  6. Testemunhos escritos com imagens ou links de vídeos de ações e obras realizadas;
  7. Organização de comitês que promovam a campanha em todo o país;
  8. Notícias diárias nos meios de comunicação (jornais – rádios – televisão e mídias sociais) sobre a indicação do candidato;
  9. Qualquer pessoa pode distribuir panfletos, cartazes, enviar correspondências com a notícia da Candidatura;
  10. Petições online devem ser endereçadas ao Comitê Nobel da Noruega, aos cuidados de Berit Reiss-Andersen;
  11. Preparação de Carta de Apresentação da Candidatura ao Prêmio Nobel da Paz à Comissão do Prêmio na Noruega;
  12. Envio de cartas de figuras proeminentes no Brasil e no exterior ao Comitê de nomeação do Prêmio Nobel;
  13. Formar comitês de apoio à candidatura.
  14. Caminhadas pela paz com o candidato.

Essas ações impulsionam a candidatura e constituem uma documentação robusta para juntar aos documentos do candidato no momento da inscrição.

Outras ações como forma de apoio:

  1. Biografia e trajetória do candidato (vídeo);
  2. Participação em programas de Rádio e TV;
  3. Documentários em vídeo ou curta-metragem.

Calendário:

Inscrições: até 31/01

Lista de finalistas: no mês de março

Ganhador(es): no mês de outubro

Entrega do prêmio: no mês de dezembro.

Leia mais sobre o assunto clicando nos títulos abaixo:

Pastora paraibana tem candidatura lançada para o Prêmio Nobel da Paz

Informações sobre o Prêmio Nobel na web Duna

Prêmio Nobel da Paz

Morgana Macena para o Nobel da Paz

Visite nossa web e compartilhe. Clique no título abaixo para acessar:

Brasil Nobel da Paz

NOTA:

Este texto é meramente sugestivo. 

Este documento tem o objetivo de tão somente informar as maneiras pelas quais geralmente os candidatos ao Prêmio Nobel da Paz em campanha pública recebem apoio e suporte da população, do seu povo, do seu país.

Os grupos de apoio podem eleger um líder que fique à frente das ações e atividades de divulgação e apoio, da formação de comitês de suporte, eventos e mutirões. União e organização do povo é a chave para o sucesso.

*Créditos da Imagem: Aberje

Comments are closed.