De veras que iria ficar focado na tela da televisão vendo a posse do Sr. Presidente Jair Bolsonaro. Gostaria muito de ver a Posse de um Primeiro Ministro e o entronamento de um monarca de Orléans e Bragança, mas, nem tudo podemos ter.

Cada vez que vejo uma cerimonia de posse desse quilate, me emociona, pois, o cerimonial mostra como é o portante essa transição. Os dois discursos do Sr. Presidente Bolsonaro foram muito pontuais e importantes.

Pudemos ver como o povo foi importante nesse momento, deu um colorido que não se via nos últimos anos, o colorido Verde e Amarelo representando a nossa identidade nacional, nossa bandeira, que vem desde a sua criação em 1822 com o Verde de D. Pedro I e o Amarelo de D. Leopoldina.

Soterrou-se o vermelho maldito do esquerdismo, as bandeiras brasileiras surgiam de todos os lados e mostravam que somos uma nação e não um aglomerado de esquerdopatas.

O Discurso do Sr. Presidente Bolsonaro no Congresso mostrou incialmente que temos muito a fazer e que todos teremos um papel importante e que o Governo ira lutar para acabar com as desigualdades políticas que foram a marca dos últimos quinze anos.

A cerimonia foi emocionante e esperada por todos com muita ansiedade, segurança e lisura. Porém, um fato, tornou essa posse algo muito singelo: Michelle Bolsonaro.

Quebrando o Protocolo a Senhora Primeira Dama fez um discurso em Libras: emocionante, cativante, apaixonante, com direito a beijos e afago ao Sr. Presidente. Uma Primeira Dama é importante, lembram-se de Jackeline Kennedy? Dona Sarah Kubitscheck? Foi um discurso emocionante, mostrando que, sim, as pessoas com Necessidades Especiais são, muito desprezadas no nosso Brasil e essas sim, merecem nossas atenções para sua inclusão como cidadãos brasileiros, não essas segregações que vemos com relação aos efeminados e as mulheres “Queixo Duro”, ou aos nossos irmãos Afrodescendentes, ou outros tipos de segregações e separações criadas pela esquerdalhada vermelha

Foi um momento único e emotivo, com uma quebra de protocolo que nunca vi, mas, de uma singeleza tamanha que ficou marcado no meu consciente e ficará, de certo, ainda por muito tempo, tendo assim um diferencial nessa posse, algo que foi tocante.

Porém, enquanto faço esse pequeno artigo, segue ainda a posse presidencial com a posse dos ministros e, ai sim, uma coisa me preocupou profundamente…

Depois de hoje, para quanto vai o preço da Caneta BIC?

Minha Montblanc perdeu o charme virou caneta de bacana.

Tenho dito.

São Lourenço, 01 de Janeiro de 2019

Lugus Vom du Kontra – Barão de Araruta.