A Batalha Naval do Riachuelo ocorreu em 11 de julho de 1865. É considerada o maior e decisivo combate na Guerra contra o Paraguai. O combate ocorreu às margens do rio Riachuelo, que é um dos afluentes do Rio Paraguai. A batalha foi na cidade de Corrientes, que fica na Argentina.

A Batalha do Riachuelo ocorreu porque o Paraguai visava ampliar o controle dos rios que integravam a bacia do Prata. Essa era a estratégia para chegar ao oceano Atlântico e facilitar o escoamento e recebimento de mercadorias.

Os paraguaios também tencionavam ingressar no comércio de armas e receber material bélico da Europa.

A batalha foi perdida pelo Paraguai devido a um erro estratégico. Os comandantes aproveitariam o clima e haveria nevoeiro, o que dificultaria a esquadra brasileira.

Do lado paraguaio, um dos navios teve problemas e atrasou os demais. O problema favoreceu a vitória brasileira.

A batalha teve nove navios brasileiros e 1,4 mil combatentes. Também foram usados 38 canhões no mar. Em terra, o combate teve 1,2 mil soldados e 22 canhões. Houve 351 mortes.

No lado paraguaio, 1,2 mil homens combateram. Do montante, 1,1 mil eram da Marinha e outros 1,1 mil do Exército. Foram usados nove navios que comportaram 59 canhões. No total, 104 mortes foram catalogadas.

A Guerra do Paraguai ou Guerra da Tríplice Aliança foi o maior conflito militar registrado na América do Sul. Aconteceu entre 1865 e 1870.

O conflito ocorreu após a morte de Carlos Antônio Lopes, que negociara uma saída para o mar com o Uruguai. O objetivo era garantir as exportações.

A indústria paraguaia era pujante. Enquanto isso, Argentina e Brasil dependiam exclusivamente de importações.

A economia paraguaia era a melhor da América Latina, sendo o único país a não contar com dívida externa. Também não havia analfabetos.

O bom desempenho assustou os ingleses, que planejavam manter seu poderio e articularam estratégias para enfraquecer o Paraguai. A meta era mudar sua condição de independente do capital estrangeiro e reduzir as medidas que o levavam ao progresso.

Em 1865, Argentina e Brasil invadem o Uruguai. A medida veta o acesso paraguaio ao mar e o país, sem negociação, rompe relações diplomáticas com os vizinhos. No Brasil, a primeira invasão foi no Mato Grosso.

Durante o conflito, 75% da população paraguaia foi morta. No início do conflito havia 800 mil habitantes. Ao fim, restaram 194 mil. A população adulta foi dizimada. Praticamente não sobraram homens.

O Paraguai perdeu 140 mil quilômetros quadrados do território. A área foi partilhada entre Argentina e Brasil.

Fonte: Toda Materia

Créditos de imagem: Wikipedia Commons – Combate Naval do Riachuelo, por Victor Meirelles, c. 1882-1883.

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments

Comments are closed.