Todos nós ouvimos falar da importância de tomar leite, especialmente no que concerne a prevenção da osteoporose, isso porque como se sabe o leite é rico em cálcio. Porém, o que muita gente não sabe é que há um leite muito mais rico em cálcio que o leite de vaca, e, além disso, é um leite que pode ser feito em casa.

Trata-se de um leite vegetal feito a partir de gergelim. Muito prático e simples usado há anos por muitos povos. Positivamente mais saudável e forte.

Além do cálcio, o leite de gergelim também é rico em magnésio, zinco, cobre, ácido fólico, ômega 3 e vitamina E, tendo propriedades anti-inflamatórias, que fortalecem o sistema imunológico, previnem alguns tipos de câncer, envelhecimento precoce e até a flacidez, além de reduzirem o colesterol.

Todos esses benefícios estão ao alcance de nossas mãos. E toda a família pode participar. Em cerca de 10 minutos o leite já está pronto e fresquinho! É importante ressaltar, no entanto, que é preciso deixar as sementes de gergelim, com ou sem casca, de molho por pelo menos 8 horas. O preparo consiste em bater no liquidificador 1 xícara de sementes de gergelim (a água em que ficou de molho deve ser desprezada) e 3 ou 4 xícaras de água mineral ou filtrada e depois coar com uma peneira fina. Há algumas pessoas que acrescentam um pouquinho de essência de baunilha e uma pitada de sal.

A mistura que é justamente o leite deve ser armazenado em uma garrafa ou jarra (com tampa) de vidro e guardado na geladeira por no máximo 5 dias, podendo ser tomado juntamente com frutas e cereais e utilizado no preparo de sopas, iogurtes e até mingaus.

Geralmente, o leite de gergelim é feito com gergelim branco (bege/ marrom), contudo, também pode ser feito com o preto. O preto é o que contem mais cálcio.

Para crianças, gestantes, idosos e pessoas que sofrem de intolerância à lactose o leite de gergelim é a melhor alternativa!

Mulheres que tomam regularmente o leite de gergelim afirmam que a barriga secou e elas ganharam aquela cinturinha dos sonhos… Será? Na dúvida… Vamos experimentar!

Créditos da imagem: Cura Verde

Comments are closed.