(Clari Machado)

Homem arrojado reconhecidamente

Da dinastia judaica imponente

E da Casa de Davi

Natã, o Príncipe de Jerusalém.

Nascido em nobre linhagem

Foi ao Profeta uma homenagem

Foi Deus quem deu

E seu pai o nome escolheu.

Membro da Monarquia Israelita em ascensão

Nasceu e cresceu em um palácio majestoso

Da Cidade-Estado da nação

Do maior Rei da região.

Do Reino Unido de Judá e Israel

Da Cidade de Davi, a Cidade Santa

Ele foi Alteza Real em uma das Corte mais importantes

E de seus pais, foi o terceiro dos quatro infantes.

Filho do Rei Davi e da Rainha Bate-Seba

Irmão do Rei Salomão

E da Princesa Tamar, seu meio-irmão,

Natã tinha um nobre coração.

Conta-se que tomou parte dos Valentes de Davi

Unindo-se à causa militar ainda moço

Casou-se e teve filhos dentre eles, Matatá, quem diria,

Da genealogia de Maria.

O Príncipe Natã, do Oriente

Como afirma Lucas, o evangelista

De Jesus Cristo foi um ascendente

E de Deus, um presente.

Créditos da imagem: Projeto Gospel