A instrução do Senhor Jesus é mais do que uma orientação, é uma ordenança para estarmos preparados e guarnecidos para defender nossa vida e de nossa família, em cumprimento ao 6º mandamento: “Não matarás” (Êxodo 20:13), pois este engloba também a auto-preservação e a legítima defesa.

O Senhor Jesus nos adverte e exorta quanto ao estarmos precavidos, no sentido bem claro e objetivo de vendermos até uma roupa (capa) para comprarmos uma arma (espada). Isto está claro como a luz do dia! Observamos que o Senhor Jesus, sendo mestre sábio, não disse para deixarmos de comprar alimentos, pois Ele sabe do que mais necessitamos. Portanto, ficamos e estamos, assim, respaldados biblicamente para levantarmos a bandeira da legítima defesa.

Sem pesar na consciência e sem sombra de dúvidas, sejamos servos obedientes ao Senhor em tudo, possuindo e lançando mão de uma arma de fogo, sem medos e receios, quando em situações extremas for necessário. Os apóstolos não compreenderam o que o Senhor Jesus lhes dissera nesta ocasião. Para eles, o Senhor iria implantar o seu reino pela força armada, mas Ele fazia referência à compra de espada (arma) para quem não a possuísse, e assim pudesse defender sua própria vida.

Deste modo, devemos ter em mente que o fato de possuirmos uma arma de fogo quer dizer que deverá ser usada para a defesa, e não para o ataque. Questione sinceramente ao Senhor Deus sobre esta palavra! Satanás e os inimigos sempre tramaram e conspiraram contra a vida dos profetas, do Senhor Jesus Cristo e dos apóstolos, bem como do povo de Deus ao longo da história, perseguindo, torturando e matando a Igreja de Cristo em todo o mundo, desde o início da Igreja primitiva. E eles, os inimigos, sempre estiveram armados até os dentes! O Senhor Jesus já nos advertiu que o diabo é mentiroso e pai da mentira, e só se ocupa em fazer três coisas: roubar, matar e destruir, e isto não se engane, literalmente, através dos seus agentes. (João 8:44 e 10:10) .

Faço minhas as palavras do apóstolo Paulo em II Timóteo 2:7: Pondera o que acabo de dizer, porque o Senhor te dará compreensão em todas as coisas.

 Agora, pense e reflita na palavra do Senhor Jesus, pois se trata de uma ordem expressa; e ordens são ordens! Só precisam ser cumpridas pelos servos e filhos de Deus.

Bibliografia

Bíblia. (2005). Bíblia Thompson. Frank Charles Thompson, Edição Contemporânea, João Ferreira De Almeida (p. 1750). São Paulo : Editora Vida.

Facebook Comments

Comments are closed.