Texto de Mariana Selim

NÃO ? Bem, essa é a Major CB/MG Karla Lessa. Muito provavelmente você viu a foto que está rodando o mundo, de um resgate extremamente difícil em Brumadinho e ouviu os comentários sobre o desempenho incrível do piloto do helicóptero. Karla era a piloto daquele helicóptero, responsável por realizar uma manobra complicadíssima para salvar uma vida. Já se passaram dois dias e até agora você não viu o movimento feminista parabenizar essa mulher. Você não viu a foto dela circular na boca e nas redes sociais das rainhas da hipocrisia, que dizem lutar pelo empoderamento feminino. Acontece que Karla não urinou na rua. Karla não defecou em uma igreja. Karla não fez sexo em local público. Karla não mostrou os seios em uma passeata. Karla não ficou histérica em um programa, dizendo que os homens cometem “Mansplaining”, ou seja, lá o que for. Karla é a mulher inteligentíssima, que estudou muito, que lutou para chegar onde queria, que se tornou major e que agora pilota um helicóptero com uma habilidade fascinante e salva vidas na tragédia em Brumadinho. Para o movimento feminista, isso não é motivo de aplauso. Mas, eu faço questão de dizer: Karla, você é uma heroína, que me inspira e abarca no exercício da sua profissão, minha maior aspiração, dar tudo de mim por quem precisa. Obrigada, Karla. Fica registrado aqui todo meu reconhecimento. Força e honra!

Mariana Selim, 21 anos, estudante de direito, conservadora, cristã.
Reportado da sua conta no Instagram @selimmariana.

Comandante dos Bombeiros que ajudou no resgate em Brumadinho é a primeira mulher do Brasil a pilotar helicópteros.
As informações são da Associação dos Oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Minas Gerais – AOPMBM.

Paraibana, Mariana Selim é a autora do texto “Você conhece essa mulher?’ 
Imagem Instagram.

A estudante de direito Mariana Selim, e a major do Corpo de Bombeiros  Karla Lessa Alvarenga Leal, tem muita coisa em comum, ambas se destacaram por seus méritos, Mariane teve seu texto viralizado nas redes sociais, Karla ficou famosa por seus atos de bravura. Conclusão o feminismo não contribuiu para isso acontecer.

Se quiser conhecer mais Mariana Selim, que usa as redes sociais para combater a cultura esquerdista.
Sua conta no Instagram @selimmaria 
Ela também tem uma conta no YouTube com o nome FALA MARI.

Facebook Comments

Comments are closed.