O grande Império do Brasil foi uma potência muito à frente de seu tempo (ou pontualmente em seu tempo, os outros é que estavam atrasados…) por suas demonstrações constantes de preservação e conservação ambiental. Neste âmbito, a questão da água se fez primordial, e os cuidados com a limpeza e as crises hídricas foram habilmente solucionadas. Dom Pedro II, o Magnânimo, teve espetaculares atuações dignas do incomparável soberano que foi.

Em uma análise bastante en passant pela História do Brasil monárquico temos Dom João VI assinando decreto que protegia as bacias do Rio Carioca; Dom Pedro I promovendo os primeiros dispositivos legais que tratavam de conservação e limpeza de fontes e aquedutos; e Dom Pedro II que instituiu limite às faixas de terra particulares às margens de cursos hídricos, e que resolveu com muita desenvoltura um problema hídrico no Rio de Janeiro, então assolado pela seca.

No Dia Mundial da Água, contar para as crianças sobre como o Império do Brasil atuava quando o tema era água é de importância única, e um resgate histórico.

Em Triunfo, as crianças aprendem que nos tempos do Império do Brasil água e meio ambiente já eram assuntos prioritários.

Adquira em Amazon

Quer saber o quão o Império do Brasil era avançado? Leia:

Direito Constitucional Comparado
Adquira em Amazon

Foto por Clarissa Xavier Machado

Facebook Comments

Comments are closed.