A Conferência 2019 sobre Acesso a Idiomas acontece dia 04 de abril em Oslo, Noruega, no Oslo Concert Hall (Oslo Konserthus, Lille Sal).

A conferência tem como foco o presente trabalho do Ministério da Cultura do Reino da Noruega na elaboração de uma lei (norueguesa) sobre o idioma: a nova lei de línguas e o relatório parlamentar sobre línguas. O evento permitirá que educadores e outros profissionais tanto da área de Educação quanto de Direito possam conhecer informações sobre como uma lei pode garantir que todos na Noruega tenham acesso a idiomas, o seu próprio e a outros. O ponto alto será o acesso à língua de sinais norueguesa e ao norueguês Nynorsk. Para efeitos de estudo de caso, será apresentado um painel com Pierre Coulombe (ex-diretor de Departamento do Escritório das Línguas Oficiais no Canadá) e  Jennie Spetz (investigadora de questões de Política Lingüística no Conselho de Línguas da Suécia) sobre como as monarquias de Suécia e Canadá atuam para garantir o acesso da população aos idiomas.

Frida Blomgren (Ministério da Cultura, secretária de Estado ), Åse Wetås, (Diretora do Conselho de Idiomas), Sigve Gramstad (ex-chefe do Comitê de Especialistas do Conselho da Europa para o Pacto de Língua Européia) e o conferencista Paal Richard Peterson são alguns dos nomes confirmados para palestrar na conferência.

O Reino da Noruega tem especial preocupação com que todos os seus habitantes falem fluentemente o norueguês (e para o mercado de trabalho na Noruega a exigência de praxe é que o candidato saiba falar norueguês não importa qual trabalho seja; mas também que os habitantes tenham acesso a outras línguas consideradas importantes (aquelas mais faladas no mundo) como o inglês, francês, espanhol, português e alemão. Geralmente, os estudantes ao se formar no ensino médio na Noruega são capazes de falar pelo menos dois idiomas além do Norueguês (Bokmål e Nynorsk) e do inglês.

Em relação aos imigrantes, é parte da política de acolhimento que todos os que chegam no país estudem a língua norueguesa, até mesmo porque para o mercado de trabalho é uma exigência primordial, sendo além de um período de adaptação e imersão cultural, uma questão de segurança laboral. Os imigrantes e novos residentes são imediatamente direcionados a um curso de língua norueguesa em que após terminarem receberão o certificado de conclusão.

O Dia de Idiomas ou Dia da Linguagem é um evento organizado pelo Conselho de Idiomas do Reino da Noruega. Em 2019, a meta é trazer debate e análise cautelosa sobre como uma lei poderia garantir que todos na Noruega possam conhecer e usar a sua língua (incluindo a população indígena – Povo Sami – falante da Samiske språk).

Confirma a programação completa da conferência clicando no PDF abaixo:

Programação da Conferência

Sobre o Språkdagen (Dia de Idiomas, Dia da Linguagem) acompanhe como foram as conferências anteriores (2007 a 2018) e quais os temas abordados a cada ano no site Sprakradet – clique aqui para acessar.

Sobre Oslo Konserthus clique aqui.

Crédito da imagem: Canal do Ensino