Grandes clássicos da literatura nórdica, incluindo dicionários, enciclopédias e partituras foram digitalizados e disponibilizados gratuitamente pelo Projeto Runeberg, fundado em dezembro de 1992 pelo programador sueco Lars Aronsson e amigos na Universidade de Linköping, na Suécia. O projeto conta com voluntários para digitalizar as obras e enviar tanto livros como revistas (em domínio público).

O projeto foi batizado Runeberg em homenagem ao poeta finlandês Johan Ludvig Runeberg, cujo nome tem um significado importante para a cultura nórdica: rune (runas – alfabeto rúnico, letras rúnicas) e berg (montanha) – Runeberg para os nórdicos significa literalmente “montanha de runas”; o mesmo que montanha de letras.

Para estudiosos das literaturas nórdica, escandinava, viking e medieval o projeto é uma excelente fonte para pesquisas e investigações acadêmicas.

Prefira fontes primárias!

Acesse clicando aqui e boas leituras!

Comments are closed.