Hoje quero relembrar o assassinato cruel de um herói que morreu fazendo seu trabalho, mas como infelizmente no nosso país os valores são invertidos, esta triste história foi esquecida.


O policial Rodrigo Lucca Fonseca de 28 anos, bom caráter, amigo, que pertencia a Força Tática do 17º BPM,foi sequestrado no dia 20 de junho de 2014 eencontrado morto apenas no dia 24.
Ele foi abordado quando chegava em sua casa em Mogi das Cruzes e teve seu veículo Citroen C3 jogado em um córrego em Suzano. Os miliantes usaram sua senha para saques em caixas eletrônicos, fizeram compras com seu cartão de crédito de bicicleta, tênis, perfumes e roupas.


Os dois criminosos de 21 e 25 anos o abordaram e por estar armado e com agasalho da PM foi morto com 2 tiros na cabeça e 2 tiros na costas, antes foi torturado e severamente machucado, com várias marcas pelo corpo, teve nariz arrebentado por socos, marcas de corte na cabeça, abertura na região da boca,teve seus dentes quebrados, ficou quatro dias amarrados e parte do corpo carbonizado.

Como desabafou um amigo meu que é policial: “Policiais e cidadãos devem deixar de ser caças para serem caçadores”. 
Não podemos agir como covardes e confiar a nossa segurança a outras pessoas, os policiais não são onipresentes, cada cidadão armado e bem preparado é uma segurança para si próprio e inclusive para outros cidadãos.


O policial não pode continuar a ser perseguido por trabalhar e por aplicar a lei, a política não pode mais continuar a encarar bandidos como suspeitos e policiais como bandidos, os policiais não podem continuar sendo punidos por corregedorias que esquecem de investigar corrupção e perseguem aqueles que trabalham na defesa da sociedade. Não estou defendendo os excessos, mas aplicação rigorosa da lei na defesa da sociedade e da vida dos policiais. 


Não queremos que outras mães, esposas e filhos de policiais vejam suas fotos estampadas amanhã nos jornais como vítima de vermes como esses. Não podemos continuar sendo intimidados por corregedorias, comissões de direitos humanos, MP e até Poder Judiciário, precisamos de leis para oferecer retaguarda jurídica para aqueles que aplicam a lei e não para defender bandidos.

Facebook Comments

Comments are closed.