News

Dom Pedro II, o último imperador do Brasil, é destaque na TV pública francesa

Essa semana o programa Secrets d’histoire, da TV France 2, canal da televisão pública da França, transmitiu durante 2 horas o episódio Pedro II, le dernier empereur du Brésil que contou com a participação dos atores Pierre Scott como Dom Pedro II, Lauren Miller como Princesa Isabel e Svetlana Stanislavovna Smirnova como Dona Teresa Cristina.

Documentário em homenagem a Dom Pedro II do Brasil obteve uma audiência de 1.6 milhões de telespectadores pelo canal francês.

O programa destacou detalhes da vida do imperador do Brasil desde pequeno, salientando que ele II reinou por 58 anos e também sua amizade com grandes nomes da História mundial como o escritor Victor Hugo e o químico-físico Louis Pasteur. 

Dois grandes momentos do documentário, definitivamente, foram o destaque à personalidade do imperador “mente aberta e apaixonado por livros” e a sua luta contra escravidão “fervoroso opositor da escravidão, ele luta para acabar com isso”, informações constantes inclusive na sinopse do programa, que afirma “mostrar a vida” e “seguir os passos do último imperador do Brasil”.

O episódio sobre Dom Pedro II foi destaque nos dois maiores jornais franceses, Le Monde e Le Figaro.

Em artigo sobre o programa, Le Monde destacou:

Pedro II (1825-1891) é uma exceção, uma curiosidade excitante e um interesse multiplicador. Quem é esse segundo e último imperador que reinou no Brasil por mais de cinquenta e oito anos? De acordo com um processo testado e comprovado, que alterna depoimentos de historiadores, imagens de arquivo, esboços reconstituídos e interlúdios de herança, Stéphane Bern traça a vida de um líder desde uma infância solitária, apaixonada por ciência, técnicas, literatura, e que teria sonhado em ser Professor na Sorbonne (…) Ele é também um dos monarcas mais modernos de seu século, estabelecendo a liberdade de imprensa e o estabelecimento como prioridades: educação, higiene e a supressão da escravidão. “Meu sangue é o mesmo que o que flui nos corpos dos escravos negros. ” Um discurso pouco valorizado pelos ricos proprietários de plantações e habitantes da cidade: com 250 mil habitantes, incluindo 100 mil escravos ” , o Rio é uma cidade negra “, diz o comentário”.

Le Monde – artigo Pedro II o último imperador do Brasil que sonhava em ser professor

Já Le Figaro, apesar de sucinto, trouxe imagens exclusivas dos bastidores.

Nós sabemos pouco, mas o Brasil é muito grande o equivalente a quinze vezes a França, e foi liderado por um imperador entre 1831 e 1889. Enquanto em toda a América do Sul as repúblicas floresciam, o pequeno Pedro II, de 6 anos, herdeiro de uma família imperial, ascendeu ao trono mais exótico do planeta. Pedro II não é um aristocrata com idéias reacionárias, pelo contrário. Ele ama a solidão, mas adora a companhia dos livros. Ele é curioso, aberto, e viaja de vez em quando para a Europa para se encontrar com Victor Hugo e Louis Pasteur, que se tornam seus amigos. Progresso através da educação, esse era o seu credo!”
Le Figaro – Pedro II, le dernier empereur du Brésil

No Twitter do programa, um pequeno vídeo-trailer foi disponibilizado:

Uma prévia do documentário inédito:

Assista ao documentário na íntegra:

É no Rio de Janeiro, com sua deslumbrante baía, que “SECRETS OF HISTORY” e Stéphane Bern encontram você para um novo episódio inédito.Não é a vida aventureira de um aventureiro que vamos apresentar a você, mas a de um imperador, Pedro II, o último imperador do Brasil! Nós sabemos pouco, mas este país enorme, tão grande quanto 15 vezes a França, foi liderado por um imperador por 58 anos … E não faz muito tempo desde que seu reinado terminou em 1889!Enquanto em toda parte na América do Sul as repúblicas florescem, o pequeno Pedro II, de 6 anos de idade, herdeiro de uma família imperial que o negligenciou, sobe no trono mais exótico do planeta! Seu país é então para muitos uma “terra desconhecida”, da Guiana à Argentina, das margens do rio Amazonas Cataratas do Iguaçu ao longo da costa do Atlântico.Pedro II não é um aristocrata com idéias reacionárias, pelo contrário. Ele ama a solidão, mas ama a companhia dos livros. Ele é curioso, aberto, e se ele escapa de vez em quando para a Europa, é para conhecer os homens que ele admira: Victor Hugo ou Louis Pasteur que se tornam seus amigos.Progresso através da educação, esse é o seu credo! E se há uma mancha que ele não suporta nos costumes do Brasil, é escravidão! Pedro fará qualquer coisa para se livrar do que ele chama de “vergonha do Império”.É este imperador moderno, humanista, tímido e discreto que o levará a descobrir os mais impressionantes impérios … Bibliotecas carregadas de ouro no Rio de Janeiro, com os grandes cafezais herdados do Brasil colonial, Segredos da História levará você ao coração do palácio imperial de Petrópolis, uma cidade magnífica e um pouco antiga, onde a alma de todo o pátio do Imperador Pedro ainda flutua sobre os jardins …
Oradores: Guy Gauthier, historiador, Michel Faure, historiador e jornalista, Pierre Leglise-Costa, historiador, Leonardo Tonus, historiador, Sebastian Rozeaux, historiador, Francisco Vieira, historiador, Nicolas d’Estienne d’Orves, escritor, Mauricio Vicente Ferreira diretor do Museu Imperial …”

(Canal Oficial Secrets d’histoire – YouTube em 09/08/19)

E segundo o divulgado hoje cedo no Twitter esse episódio foi um grande sucesso:

Segredos da História é um programa de atualidades estilo “magazine-historique” apresentado por Stéphane Bern, um apaixonado por monarquia, que tem na equipe Jean-Louis Remilleux e Laurent Menec, como produtor executivo. A produção é da SEP (European Production Company) com a participação da France Télévisions, e vai ao ar pelo canal France 2. Conheça mais sobre o programa no Website oficial: Secrets d’histoire ou no canal oficial Secrets d’histoire no YouTube clique aqui.

Imagem divulgada essa manhã no Twitter pelo jornalista e apresentador Stéphane Bern

Apresentador, muito satisfeito com o documentário, divulga imagens exclusivas dos bastidores de sua visita ao Brasil no Twitter.

Print Friendly, PDF & Email

Paulo Fernando De Barros

Colunista e editor para a Noruega em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo