Após uma performance incrível no GP da China, onde largou em último e terminou na P10, Albon foi promovido e irá pilotar ao lado de Max Verstappen a partir do próximo GP, em Spa-Francorchamps na Bélgica.

Alexander tem tido um bom desempenho no primeiro semestre da temporada. Além da China, o piloto que estreou esse ano na F1 pela Toro Rosso, chegou na P6 no GP pós-chuva da Alemanha, após largar na P17. Essa foi a primeira vez que o piloto correu em pista molhada.

Pierre Gasly não tem apresentado bom rendimento: conquistou apenas 63 pontos e não obteve nenhum pódio, enquanto Max Verstappen subiu no pódio 5 vezes e alcançou 181 pontos.

Apesar da escuderia RBR comunicar a troca de pilotos pelas redes sociais, os cabeças da escuderia, Christian Horner e Helmut Marko, não comentaram nada relacionado à essa decisão. Em julho, Horner afirmou que pretendia manter Gasly na RBR até o final do ano.

Albon em seu twitter agradeceu ao gestor da Toro Rosso, Franz Tost, pela oportunidade de estrear na Fórmula 1 e à Red Bull Racing pela promoção – segundo o piloto – “surreal”.

Da esquerda para a direita respectivamente, Max Verstappen e Alexander Albon durante uma coletiva de imprensa na manhã de ontem, 12 de agosto. (Foto: reprodução twitter oficial @redbullracing)

Facebook Comments

Website Comments