A tendência que observamos entre a maioria dos turistas é visitar lugares normalmente conhecidos, badalados, principalmente nas capitais ou em lugares onde se destaca algum tipo de evento anual de importância.

Quem já visitou uma fazenda de café no Vale do Paraíba do Sul com a reprodução de um Sarau do século XIX? Ou o imponente Palácio Imperial de Petrópolis onde está o Museu do Império? A Suíça Brasileira em Nova Friburgo? Saborear uma deliciosa Truta em Visconde de Mauá ou passear na Finlândia Brasileira – Penedo, ou ainda, fora do período da FLIP, conhecer a bela cidade Histórica de Paraty, um dos pontos finais da Estrada Real que trazia o ouro da região das Minas Gerais para o litoral fluminense no século XVIII, sem contar as belíssimas praias da costa fluminense, tanto na Região dos Lagos – Arraial do Cabo, a capital do mergulho e Cabo Frio com seus 403 anos de existência, entre outras, bem como a Costa Verde, destacando Mangaratiba e Ilha Grande e a bela Angra dos Reis. Pode-se aqui estender perguntas pelos 92 municípios fluminenses que podem deslumbrar os olhos de qualquer turista, tanto brasileiro quanto estrangeiro.

Pensando neste foco, o Governo do Estado do Rio de Janeiro, com apoio da Fecomércio, Sesc e Senac, estará entre os dias 22 e 25 de agosto, no Armazém 2 do Píer Mauá, realizando o maior evento de turismo do Estado do Rio de Janeiro: o Salão Estadual do Turismo, que vai aproximar o público dos atrativos turísticos das cidades do interior. Cerca de 30 mil pessoas terão a oportunidade de conhecer o artesanato, produtos típicos, dança, música e muito mais, das cidades fluminenses. Está será, com certeza, uma oportunidade para ver as belezas culturais do Estado do Rio de Janeiro.

A idéia central, que é mostrar a diversidade cultural do estado, e que poderá ser tendência em todos os estados da Federação, visto que o Turismo no Brasil de certa forma se foca apenas em pontos principais e esquece-se de desenvolver o Ecoturismo, o Turismo Cultural e Histórico tão rico no país, mas relegado a segundo plano. A Ideia desse Salão é mostrar que existe muito mais a oferecer do que apenas a cidade do Rio de Janeiro, polo principal do turismo.

Na fala de Otávio Leite, secretário de Estado de Turismo do Rio de Janeiro, destacado do site da Imprensa Oficial, observamos ressaltar que o Rio de Janeiro é amplo e pródigo em grandes possibilidades de se fazer turismo.

-Tenho certeza que o evento vai ser sensacional. E eu destaco que, aqueles que atuam profissionalmente no turismo, como empresários, agentes, receptivos, enfim, todos que fazem do turismo o seu meio de vida profissional, terão a oportunidade de, no salão de turismo, fazer contatos, vender produtos e se articular. Nós queremos que mais pessoas circulem no Rio de Janeiro, que tem 92 cidades maravilhosas.”

Com certeza, estaremos lá prestigiando e cobrindo esse evento, vendo o que o Rio de Janeiro tem de belo para nos oferecer em termos de Turismo e contando que tal evento incentive outros governadores do país e desenvolver projetos similares e com isso destacar ainda mais as belezas que o Brasil tem a ofertar aos nossos turistas, internos e estrangeiros.

Matéria baseada na notícia veiculada na IOERJ