Diversos recordes de calor foram registrados na Noruega durante esse verão. O ponto mais quente medido até agora é em Etne, Hordaland, com 34,2 graus.

Nunca antes foi medido mais de 30 graus no final do ano em qualquer parte da Noruega. O último recorde havia sido de 30 graus em 26 de agosto de 1947.

O primeiro novo recorde foi batido ontem (27) às 14h, antes que a temperatura máxima fosse atingida às 15h. Às 15h47, houve mais um registro de aquecimento em Etne: 30,1 graus.

Estamos com a temperatura cada vez mais quente no final do ano. Nós nunca medimos 30 graus no final de agosto, então esse é um recorde na Noruega. É porque o resto do mundo está se aquecendo.


Meteorologista Kristian Gislefoss à NRK.

O calor se espalha para o norte, então há uma chance de temperaturas muito altas até Helgeland nos próximos dias. Antes de ontem (26), foi medido 24,3 em Laksfors e 25,3 em Saltdal, que é muito ao norte em Nordland.

Nós observamos nos últimos anos que os registros de calor são razoavelmente mais freqüentes devido à mudança climática (…) As ondas de calor mais quentes estão ficando mais intensas, enquanto os períodos de frio mais rigorosos não estão ficando tão gelados quanto antes. Eu fiz uma verificação dos registros de calor e frio em diferentes países nos últimos 20 anos. Houve quatro a cinco vezes mais registros de calor que foram auferidos do que os registros frios.


Meteorologista Magnus Ohed à NRK.

Os meteorologistas estatais calculam que há uma probabilidade de 70 % de que o registro de calor em Oslo se torne histórico.

Fonte: NRK com imagem de Mette Anthun/ NRK

Facebook Comments

Comments are closed.