fbpx
Esportes

F1 | Destaques da semana

Compartilhar

As férias de verão chegaram ao fim, e surgiram anúncios importantes que definiram line-ups de pilotos para 2020, mudança no calendário do ano que vem e outras coisas.

Na manhã de ontem, como esperado, a renovação do contrato de Valtteri Bottas foi confirmada pela Mercedes, e ano que vem o finlandês estará mais uma temporada ao lado de Lewis Hamilton.

(Foto: reprodução twitter oficial @MercedesAMGF1)

Com a decisão da Mercedes de manter Bottas, surgia dúvidas em relação a Esteban Ocon (atual reserva da equipe), se conseguiria uma vaga para o próximo ano. Mas algumas horas depois do anúncio sobre Valtteri, a Renault em seu twitter confirmou Ocon como parceiro de Daniel Ricciardo em 2020, no lugar de Nico Hulkenberg. Esteban retorna à equipe francesa, após ter sido piloto reserva em 2016. Ano passado, o francês correu pela Force India ao lado de Sérgio Perez. Nico Hulkenberg ficou chateado com a notícia e lamentou não conseguir alcançar seus objetivos com a equipe na temporada atual. O chefe da equipe americana Haas, Guenther Steiner, disse estar interessado no alemão, caso decida não renovar com Romain Grosjean para 2020. Com isso, uma grande batalha entre Grosjean e Hulkenberg será travada nas etapas que vem por aí.

(Foto: reprodução twitter oficial @RenaultF1Team)

Pierre Gasly, ao retornar à Toro Rosso após perder o lugar para Alex Albon, falou à imprensa ontem pela primeira vez desde então. O francês disse que ficou chocado ao receber a notícia, mas que respeita a decisão da RBR. Completou ao dizer que tem como objetivo focar nas próximas corridas e dar seu melhor na Toro Rosso.

(Foto: reprodução site oficial formula1.com)

Além de todos esses anúncios em relação a line-ups para 2020, surgiu uma novidade sobre o calendário do próximo ano: será adicionado o GP do Vietnã, na capital Hanói e a prova já tem data: dia 5 de abril. Será um total de 22 corridas, um recorde histórico para a categoria.

(Foto: reprodução site oficial formula1.com)

Agora à tarde, a Racing Point anunciou não só a renovação do contrato de Sérgio Perez para 2020, mas a sua extensão por mais 3 anos.

(Foto: reprodução twitter oficial @RacingPointF1)
Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Translate »