fbpx
Magazine

Noruega eleita para o Conselho da Agência Internacional de Energia Atômica

Compartilhar

A Noruega foi eleita, essa semana, para o Conselho da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) para 2019-2021. A eleição ocorreu durante a Conferência Geral da AIEA.

A Noruega dá alta prioridade ao trabalho internacional sobre a não proliferação de armas nucleares. A posição do Conselho da AIEA oferece a oportunidade de a Noruega ser uma voz clara para soluções unificadoras para o uso pacífico da tecnologia nuclear, e é uma parte importante do extenso trabalho da Noruega sobre não proliferação e desarmamento nuclear internacionalmente, é o que declarou a Ministra das Relações Exteriores Ine Eriksen Søreide. 

A Noruega está trabalhando ativamente para proteger o Acordo de Não Proliferação (TNP) como a base dos esforços internacionais de desarmamento e não proliferação. Um dos principais pilares do acordo e uma das principais tarefas da AIEA é facilitar o uso pacífico da tecnologia nuclear. Além de ser usada na produção de energia, a tecnologia nuclear é usada em áreas como saúde, produção e segurança de alimentos, gerenciamento de água e meio ambiente. 

Reconhecemos o direito ao uso pacífico da tecnologia nuclear, mas enfatizamos que isso deve ser feito de maneira segura. É por isso que a cooperação internacional nesse campo é crucial.

Eriksen Søreide

Os Estados que ratificaram o Acordo de Não Proliferação são obrigados a celebrar acordos de controle de segurança com a AIEA. No esforço internacional para descobrir programas ocultos de desenvolvimento de armas nucleares, os controles da AIEA são a ferramenta mais importante. 

Os acordos representam um instrumento independente para impedir a proliferação e uso indevido de material e tecnologia nuclear. Uma das tarefas mais importantes da AIEA é relatar o programa nuclear do Irã, para garantir a confiança internacional no seguimento do acordo nuclear com o Irã (JCPOA). 

O Conselho da AIEA é composto por 35 países. A Junta se reúne várias vezes ao ano e promove propostas de programa e orçamento para a Conferência Geral da AIEA. A Noruega esteve no conselho pela última vez durante o período de 2012 a 2014. O próximo período é para 2019-2021.

Fonte: Regjeringen

Imagem: UN News

Print Friendly, PDF & Email

Paulo Fernando de Barros

CEO em BAP Duna Gruppen, fundador e editor em Duna Press Jornal e Magazine.
Botão Voltar ao topo
Translate »