Nova York, 22 de setembro de 2019: os governos da Alemanha, Noruega e Reino Unido pedem maior ambição e ação da comunidade global para conservar e restaurar florestas tropicais.

Em suas declarações conjuntas , os três governos enfatizaram que estão no caminho para cumprir a promessa acordada em 2015 de fornecer conjuntamente US $ 1 bilhão por ano até 2020, ou mais de US $ 5 bilhões no período 2015-2020, se os países se apresentarem com iniciativas ambiciosas no que concerne a planejar parar e reverter o desmatamento. Eles pediram um reconhecimento mais amplo do papel principal que as florestas desempenham na redução significativa das emissões de gases de efeito estufa até 2030 e na obtenção de zero emissões líquidas até 2050, bem como no desenvolvimento sustentável e na biodiversidade.

Enquanto o Reino Unido continua no caminho para gerar zero emissões até 2050, estamos pedindo aos governos e empresas de todo o mundo que apoiem as florestas do planeta e garantam que elas floresçam para as gerações futuras. As soluções climáticas naturais, como as florestas, podem fornecer mais de um terço das reduções globais de gases de efeito estufa necessárias até 2030, e, é por isso, que juntamente com a Alemanha e a Noruega, assumimos um compromisso financeiro significativo em trabalhar com os países para conservar e restaurar florestas tropicais, um compromisso para o qual estamos bem encaminhados.

Andrea Leadsom, Secretária de Estado do Reino Unido para Negócios, Energia e Estratégia Industrial

O ministro norueguês do Clima e do Meio Ambiente, Ola Elvestuen, convidou outros agentes a unirem-se a eles ao longo do próximo ano para fazer progressos concretos: 

Não há solução climática sem a floresta tropical. Fico feliz que o desmatamento tropical agora esteja recebendo a atenção que merece. A comunidade internacional precisa intensificar e apoiar os países florestais comprometidos que produzem, com financiamento previsível, com base em resultados .

Ministro do Clima e do Meio Ambiente do Reino da Noruega Ola Elvestuen

Todos os três governos são signatários da Declaração de Nova York sobre Florestas, que comemora seu aniversário de 5 anos em um evento de liderança esse mês. A ministra do Meio Ambiente da Alemanha, Svenja Schulze, declarou à luz deste evento:

Temos poucos motivos para comemorar, já que as taxas de desmatamento continuam assustadoramente altas. Desde 2014, perdemos uma área de floresta do tamanho da Grã-Bretanha a cada ano. Enquanto os dez objetivos da a Declaração de Nova York sobre Florestas está certa, há uma falta de ambição coletiva de reverter a perda de florestas até 2030.

Ministra do Meio Ambiente da Alemanha Svenja Schulze

O ministro alemão do Desenvolvimento, Gerd Müller, que aumentou o engajamento alemão em cadeias de suprimentos sustentáveis, pediu às empresas e aos outros governos que intensifiquem as ações para acabar com as conversões florestais globais impulsionadas pelas cadeias internacionais de suprimentos de commodities

Os pulmões verdes do nosso planeta estão pegando fogo. O desmatamento é uma ameaça ao clima do mundo e destrói a vida selvagem e os habitats humanos. Nós devemos parar com isso. Precisamos gerenciar os recursos naturais do nosso planeta de maneira sustentável.

Ministro do Desenvolvimento da Alemanha Gerd Müller

Veja: Declaração conjunta.pdf

Fonte: Regjeringen

Imagem: drawdowniitkgp

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments

Comments are closed.