(Fotos: reprodução twitter oficial @MercedesAMGF1)

A segunda etapa em território asiático, no clássico circuito de Suzuka, foi acirrada. Sebastian Vettel conquistou a sexta pole consecutiva da Ferrari, seguido de Charles Leclerc e Valtteri Bottas.

Ao se apagarem as luzes, de forma instantânea, Vettel perdeu a posição para Bottas ao queimar a largada, enquanto Hamilton buscava deixar Charles Leclerc para trás. Ao entrar por fora na curva 2, Max Verstappen foi empurrado para fora da pista por Charles e sofreu danos em seu Red Bull. O piloto Ferrari não saiu ileso, e obteve um dano leve em sua asa frontal esquerda.

Na volta seguinte, Leclerc foi convocado aos boxes para reparar a asa, que segundos antes, se despedaçou ao vento e caiu sobre Lewis Hamilton.

Duas voltas à frente, durante a curva 16, Lando Norris freiou tarde e foi forçado para fora por Alex Albon, que não teve como evitar o contato.

Em 9/53, Charles Leclerc aproveitou o vácuo de Verstappen e o ultrapassou por fora, antes da curva 1, na área de DRS (abertura de asa móvel). Assim, assumiu a P16.

Três voltas depois, Charles assumiu mais uma posição ao deixar para trás Daniil Kvyat durante a curva 13 (Spoon). Mais à frente, alcançou a P14, ao fazer uma ultrapassagem em Raikkonen.

Max Verstappen foi para a garagem e abandonou a corrida na volta de número 15/53, por conta de problemas causados pelo toque de Leclerc no início da prova. Essa foi a segunda vez que Verstappen abandonou nessa temporada, após o GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps.

A dupla Renault, na volta 27/53, mostrou seu poder de fogo: Daniel Ricciardo assumiu a P5 de Sainz, após a ida do espanhol para os boxes e Nico Hulkenberg abriu asa, ultrapassou Daniil Kvyat por dentro antes da curva 1 e subiu para a P9. Logo em seguida, Sergio Perez também deixou Kvyat para trás e jogou o piloto russo para a P11.

Oito voltas à diante, Leclerc aproveitou o vácuo de Gasly e sem dificuldade, conquistou a P6 do francês Toro Rosso. Mais uma conquista do piloto Ferrari ao fazer a curva Spoon.

Lewis Hamilton fez sua parada em 42/53 e Bottas ainda se encontrava na liderança. A vitória da Mercedes estava aparentemente garantida.

A partir da volta 51/53, Hamilton pressionava de perto Sebastian Vettel para assumir a P2, mas o piloto Ferrari defendia com maestria e manteve sua posição.

Durante a volta final, Sergio Perez saiu do traçado na curva 2 e bateu levemente no muro de proteção, ao receber um toque de Gasly por dentro. Apesar do contra-tempo, Perez não abandonou a disputa.

Ao segurar a ponta e realizar uma excelente prova, Valtteri Bottas vence o GP no Japão, seguido de Sebastian Vettel e Lewis Hamilton. Com a vitória, a Mercedes se torna campeã do campeonato de construtores pela 6ª vez consecutiva. A volta mais rápida foi alcançada por Hamilton, em 45/53, com o tempo de 1.30.983.

(Valtteri Bottas à esquerda com Lewis Hamilton. / Foto: reprodução twitter oficial @MercedesAMGF1)

Charles Leclerc foi penalizado horas depois do GP: após uma profunda investigação, a FIA considerou que ele era “predominantemente” culpado pelo incidente e lhe deram uma penalidade de cinco segundos, bem como dois pontos em sua licença. Com isso, perdeu uma posição e caiu da P6 para a P7.

Abaixo, o resultado final completo da corrida:

POSN°PILOTOCARROVOLTASTEMPO/
ABANDONOS
PTS
177Valtteri BottasMERCEDES521:21:46.75525
25Sebastian VettelFERRARI52+13.343s18
344Lewis HamiltonMERCEDES52+13.858s16
423Alexander AlbonRED BULL RACING HONDA52+59.537s12
555Carlos SainzMCLAREN RENAULT52+69.101s10
63Daniel RicciardoRENAULT51+1 VOLTA8
716Charles LeclercFERRARI51+1 VOLTA6
810Pierre GaslySCUDERIA TORO ROSSO HONDA51+1 VOLTA4
911Sergio PerezRACING POINT BWT MERCEDES51+1 VOLTA2
1027Nico HulkenbergRENAULT51+1 VOLTA1
1118Lance StrollRACING POINT BWT MERCEDES51+1 VOLTA0
1226Daniil KvyatSCUDERIA TORO ROSSO HONDA51+1 VOLTA0
134Lando NorrisMCLAREN RENAULT51+1 VOLTA0
147Kimi RäikkönenALFA ROMEO RACING FERRARI51+1 VOLTA0
158Romain GrosjeanHAAS FERRARI51+1 VOLTA0
1699Antonio GiovinazziALFA ROMEO RACING FERRARI51+1 VOLTA0
1720Kevin MagnussenHAAS FERRARI51+1 VOLTA0
1863George RussellWILLIAMS MERCEDES50+2 VOLTAS0
1988Robert KubicaWILLIAMS MERCEDES50+2 VOLTAS0
NC33Max VerstappenRED BULL RACING HONDA14NÃO
CONCLUIU
0
(Foto: reprodução twitter oficial @MercedesAMGF1)

A próxima etapa será o GP do México, dia 27 de outubro, às 16:10h (horário de Brasília).

Comments are closed.