fbpx
News

Radicais de esquerda destroem igrejas no Chile e Papa mantém silêncio

Compartilhar

Silvonei José – Cidade do Vaticano

A dor pela profanação e os danos causados à igreja de São Francisco, patrimônio do sul do Chile e de Valdivia, foram expressos por mons. Nelson R. Huaiquimil, vigário geral da Diocese chilena de Valdivia. Em uma declaração escreve: “Estamos profundamente entristecidos com a destruição que sofreu o Templo de São Francisco de Valdivia, sabemos que o mais importante em cada situação são sempre as pessoas, e ali vivem cinco irmãos dehonianos, pessoas consagradas a serviço da comunidade. Estão bem, mas sentem um natural estado de impotênciae dor. Dói-nos que tenham entrado no Templo e profanado o Santíssimo Sacramento, destruídas as imagens sagradas, destruídos os móveis e causado danos gerais a esta parte do patrimônio, que pertence a todos os valdivianos”.

Print Friendly, PDF & Email

Paulo Fernando de Barros

CEO em BAP Duna Gruppen, fundador e editor em Duna Press Jornal e Magazine.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Translate »