BOTAFOGO 0 x 1 INTERNACIONAL

O Internacional venceu o Botafogo por 1 a 0, neste sábado, no estádio Nilton Santos. O gol colorado foi marcado por Guerrero, em uma falha do goleiro Gatito Fernandes, que não segurou um chute fraco do peruano de fora da área. Com o resultado, os gaúchos seguem na briga por uma vaga na fase de grupos da Libertadores. A derrota em casa impediu o Alvinegro de garantir por antecipação a permanência na Série A.

CEARÁ 1 x 1 ATLHETICO PR

O que não faltou foi emoção no Castelão. Na briga contra o rebaixamento, o Ceará pressionou, pressionou, pressionou o Athletico-PR e saiu na frente, mas não conseguiu segurar a vitória e deixou o adversário empatar. Os gols, ambos depois dos 40 minutos do segundo tempo, foram marcados por Mateus Gonçalves e Madson.

PALMEIRAS 1 x 3 FLAMENGO

No duelo entre o campeão brasileiro da última edição e o atual, o Flamengo levou a melhor e venceu o Palmeiras por 3 a 1, na tarde deste domingo, em São Paulo. Mesmo fora de casa e com sua torcida vetada por uma decisão do MP-SP, o Rubro-Negro dominou completamente a partida e não precisou se esforçar muito para conseguir o resultado. Gabigol, duas vezes, e Arrascaeta marcaram os gols. Mano Menezes não resistiu à derrota em casa e foi demitido após a partida. 

AVAÍ 1 x 1 FLUMINENSE

Novamente sofrendo um gol no fim, o Fluminense empatou com o Avaí por 1 a 1 e não aproveitou a chance de dar um grande passo para se livrar do risco de rebaixamento. Diante de um adversário já rebaixado, o Tricolor não conseguiu matar o jogo e foi punido no fim da partida. Marcos Paulo marcou para o time das Laranjeiras. Pelo lado do Leão, João Paulo fez de pênalti para empatar.

GOIÁS 1 x 2 FORTALEZA

Em confronto de equipes que estão próximas na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, o Fortaleza não se intimidou pelo fato de visitante e conseguiu uma vitória importante, por 2 a 1, jogando contra o Goiás, no Serra Dourada.

O placar do compromisso disputado neste domingo (1) fez com que o time dirigido por Rogério Ceni assumisse a nona posição com 49 pontos, quatro a menos do que o Corinthians. Os goianos também possuem 49 pontos, todavia com um saldo de gols bem pior do que seu adversário direto (0 contra -15).

ATLÉTICO MG 2 x 1 CORINTHIANS

Foi um jogo de 14 finalizações para cada lado, um gol anulado para cada time e emoção até o fim. Dono da casa, o Atlético-MG abriu o placar num golaço de Cazares e viu o Corinthians empatar na sequência, com Janderson. Na segunda etapa, os dois jogadores voltaram a protagonizar o lance que definiu a partida: o atacante do Timão derrubou o equatoriano dentro da área, e o árbitro marcou pênalti. Fábio Santos cobrou, definiu a vitória atleticana e zerou qualquer chance de rebaixamento. 

CSA 1 x 2 BAHIA

O Bahia venceu o CSA por 2 a 1 na noite deste domingo (01) em Alagoas. Gilberto e Arthur Caíke fizeram os gols da equipe de Roger Machado na partida, que venceu depois de viver um momento de turbulência e praticamente sacramentou o rebaixamento do CSA.

Com a vitória, o Bahia chega aos 48 pontos e encosta em Fortaleza e Goiás. A equipe baiana venceu a primeira depois de nove jogos de jejum. 

GRÊMIO 3 x 0 SÃO PAULO

O Grêmio venceu o São Paulo domingo (1), em Porto Alegre, e confirmou vaga à fase de grupos da Libertadores de 2020. A partida, válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi decidida em seis minutos. Foi esse o intervalo dos gols que definiram placar de 3 a 0.

Luciano, de pênalti, abriu o placar. Victor Bueno desviou falta e marcou contra. E ainda houve tempo para Luciano converter outra vez.

SANTOS 2 x 0 CHAPECOENSE

O Santos venceu a Chapecoense por 2 a 0 na noite deste domingo, na Vila Belmiro, em jogo válido pela 36ª rodada do Campeonato.

O Peixe ganhou sem fazer força. Marcou no início de cada tempo e ditou o ritmo. Os gols foram de Lucas Veríssimo e Evandro.

Os três pontos levam o Alvinegro aos 71, igualando a melhor campanha da história dos pontos corridos com 20 clubes (em 2016).

VASCO 1 x 0 CRUZEIRO

De um lado, o Vasco respira aliviado. Na noite desta segunda-feira, Guarín marcou o gol da vitória por 1 a 0 em São Januário, garantiu o time na Série A do Campeonato Brasileiro em 2020 e viu a vaga mais perto na Copa Sul-Americana. Do outro, o Cruzeiro se afunda em uma crise sem fim. Com direito a chances claras perdidas por Fred e Marquinhos Gabriel nos minutos finais, a Raposa continua no Z-4 a duas rodadas do fim e se aproxima de seu primeiro rebaixamento na história.

Facebook Comments