Opinião

Mais uma “Maiada” do Maia – O Senhor presidente da Câmara, “Calado”, é um poeta

Como faço diariamente, leio o Boletim da Câmara que chega em meu e-mail. Assim posso ficar mais a par do que está sendo feito na Casa do Povo em Brasília. E novamente sou brindado com uma matéria do Jornalista xará Luiz Gustavo Xavier, sobre o presidente da Câmara, Senhor Rodrigo Maia. Nesta reportagem do caro jornalista, mostra a indignação do senhor Presidente da Câmara com o ministro da Educação Abraham Weintraub, que acusa de ser um desastre. Agora reproduzo na integra a reportagem retirada do site da Câmara dos Deputados, sobre está coletiva concedida após evento em São Paulo.

“Para Rodrigo Maia, Ministro da Educação é um desastre

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, é um desastre e que ele brinca com o futuro de milhões de crianças do Brasil. Maia concedeu coletiva após participar de evento em São Paulo.

Segundo ele, Weintraub atrapalha o futuro das novas gerações e compromete a administração da educação no País com um discurso ideológico e ineficiência.

Maia afirmou que Weintraub atrapalha o futuro das novas gerações com discurso ideológico e ineficiência.

– Ele está comprometendo o futuro das novas gerações, e a cada ano que se perde com ineficiência e com o discurso ideológico de péssima qualidade, prejudica os anos seguintes da nossa sociedade. Mas quem nomeia e quem demite é o presidente, criticou.

Falhas na verificação das provas do último Enem envolveram o ministro em mais uma crise. Após comemorar o que seria o melhor Enem de todos os tempos, Weintraub confirmou que milhares de notas haviam sido divulgadas com erros. Segundo o governo, 5.974 participantes do exame receberam notas erradas, o que levou a questionamentos na justiça.

Rodrigo Maia também criticou o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, mas disse que são casos distintos. Segundo o presidente, Salles é um quadro de qualidade que precisa retomar o diálogo com os setores do meio ambiente.

Reportagem – Luiz Gustavo Xavier
Edição – Geórgia Moraes”

Diante desse quadro de análise do senhor Presidente da Câmara, que na humilde opinião deste que lhes escreve não merece ser nem Deputado, quanto mais Presidente da Câmara Federal, fica algumas perguntas:

– O que é ser desastre? Um ministro que institui uma Política Nacional de Alfabetização? Ou ministros que tentavam enfiar goela abaixo uma Política, essa sim nefasta, de Ideologia de Gênero querendo desvirtuar aquilo que naturalmente existe, que são os dois gêneros sabidos e conhecidos: Homem e Mulher, Macho e Fêmea, incluindo a sexualidade como se gênero fosse?

– Ministro que sucatearam a educação usando o Gramscimo e políticas advindas da tão falada Pedagogia de Paulo Freire, que só no Brasil é usada, em mais nenhum outro país vemos falar dela ser cogitada, mas, que a esquerda alardeia ser a mais falada e conhecida do mundo, para embotar a cabeça dos estudantes, com provas de ENEM tendenciosas e extremamente ideológicas, onde não era medido o conhecimento dos alunos, mas, a visão político-ideológica LGBT, questões sobre racismo, deturpações de fatos históricos com inverdades ou verdade que interessavam a Esquerda e não ao Brasil? Ou um ministro que faz um ENEM que visa medir conhecimento prático e real do aluno, e que teve, sim, o problema de correção em um número de menos de seis mil provas, lembrando que foram 3,9 milhões de provas feitas, dando um total de 0,15% o resultado deste problema de correção nas quase seis mil provas em relação ao total delas, isto é um problema?

Vou pegar pesado

Quem o senhor Rodrigo Maia prefere como Ministro? Haddad? Que por quase sete anos foi ministro de Lula e Dilma e conseguiu fazer o Pior Ministério que já passou pelo país? E quem diz isso é um Professor de 32 anos de atuação em sala de aula? Mercadante, que é Economista e nada entende de Educação? Tarso Genro? Cid Gomes? Acho que ele gosta de quem destrói a educação, pois, sem ela o povo “emburrece” e não vê em quem está votando, coisa feita a muito tempo por quem quer manter e deter o poder em suas mãos.

Na outra reportagem do mesmo jornalista Luiz Gustavo eu critiquei o senhor Maia por falar coisas indevidas, quando disse que a denúncia do MP ao senhor Glenn Greenwald era um crime contra a Liberdade de Imprensa, porém, esqueceu o Senhor Maia que a forma escusa e criminosa que o senhor Glenn Greenwald conseguiu as comunicações do Telegram de um Hacker que ele alardeou e publicou isto sim é um crime, mas, ele vem a público defender um crime, com uma suposta defesa da Liberdade de Imprensa que está distante Anos Luz desta prática, no mínimo suspeita, do Jornalista Greenwald.

No evento do Banco Credit Suisse em São Paulo ele solta algumas pérolas, que mostra como ele não está preparado para ser o Terceiro na Cadeia de comando do Brasil.

-“Como faz para um investidor olhar para um ministro da Educação desse?”

– “Nosso país não tem futuro, né? Não tem futuro. Parece um passado ruim, porque conseguiu fazer de um cara desse o ministro da Educação…”

Volto a insistir na pergunta? Bom para os investidores e para a Educação do Brasil é quem defende Ideologia de Gênero, Massificação Doutrinária Gramscista nas universidades? Ou alguém que está preocupado em fazer um ENEM que vise avaliar conhecimento dos alunos para aprová-los nos concursos públicos de vestibular? Ou ainda que por determinação do presidente, desenvolve uma Política Nacional de Alfabetização?

Acho que para o Senhor Maia quer é um povo cada dia mais Analfabeto Funcional, Educacional e Político, pois, se o povo começar a se instruir de verdade, não vota mais em políticos desse calibre falho, como é o atual presidente da Câmara, uma posição que, como citei acima, detêm a terceira posição na cadeia hierárquica de poder no Executivo Federal. É muito poder na mão de um anão político, que sabe lá Deus como chegou onde chegou, por competência? Não sei ou não foi…Talvez pelo velho QI – Quem Indica. Com certeza.

Print Friendly, PDF & Email

Luiz Gustavo Chrispino

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo