O time brasileiro precisa de uma vitória por dois gols de diferença na partida de volta para avançar no tempo normal

Algoz em 2015, o Guaraní do Paraguai voltou a complicar a vida do Corinthians na Libertadores. O time brasileiro não fez um bom jogo e foi derrotado por 1 a 0 na estreia pela competição sul-americana, no estádio General Pablo Rojas, em Assunção.

Com o resultado, o time brasileiro precisa de uma vitória por dois gols de diferença na partida de volta, em Itaquera, para avançar para a próxima fase.

O Guaraní joga por um empate e até por uma derrota por diferença mínima caso marque um gol. O 1 a 0 para o Corinthians é o único placar que leva a decisão para os pênaltis.

O Corinthians começou a partida desligado e deixou que o adversário crescesse. Logo nos primeiros minutos, Redes bateu colocado, a bola desviou em Sidcley e acertou a trave de Cássio.

Pouco depois, aos sete minutos, Ramírez levantou para a área e o volante Morel apareceu sozinho para tocar para o fundo do gol e abriu o placar.

O time brasileiro melhorou após o gol e chegou a criar boas chances para empatar ainda antes do intervalo. Boselli, sozinho dentro da área, bateu na trave e, mais tarde, Everaldo recebeu lançamento, mas finalizou em cima do goleiro.

O Corinthians seguiu tentando durante toda a segunda etapa, mas pecou demais na criação de jogadas, dando poucas oportunidades para o atacante Boselli finalizar.

Nas raras chances que teve, o time brasileiro desperdiçou a bola com erros de passe e domínio. Mesmo com substituições ofensivas, como as entradas de Madson e Mateus Vital, a produção não foi suficiente para que os visitantes chegassem ao empate.

Fonte: Federação Paulista de Futebol

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments

Comments are closed.