Esse sucesso de uma publicação em ídiche é sem precedentes, já que poucos ou nenhum livro em iídiche publicado fora do setor hassídico vendem 1.000 no período de um ano.

O iídiche, é a língua falada por judeus de origem ashkenazita. Teve grande importância na disseminação de parte da cultura e da tradição judaicas por vários séculos. O nome iídiche vem do termo em alemão jüdisch, que se referia a qualquer característica judaica.

Apenas 48 horas depois que as encomendas foram disponibilizadas, a tradução em iídiche de Harry Potter e a Pedra Filosofal esgotou toda a sua primeira edição, com 1.000 cópias, anunciou a editora Olniansky Tekst Farlag em sua página no Facebook.

Traduzido por Arun Schaechter Viswanath, da conhecida família Schaechter de estudiosos de Iídiche , e publicado pela editora sueca Nikolaj Olniansky, que também fundou a banda de heavy metal iídiche Dibbukim, Harry Potter un der Filosofisher Shteyn foi a tradução mais recente do mundo. renomada série Harry Potter , finalmente disponibilizada no mame-loshen .

“É uma loucura, é difícil de acreditar”, disse OlnianskY: “Pensamos que não poderíamos vender mais de 1.000 cópias de um livro não-hassídico”.Até agora, já foram encomendadas cópias nos EUA, Marrocos, China, Israel, Polônia, Suécia e Austrália, informou o Forward.

Esse sucesso de uma publicação em ídiche é sem precedentes, já que poucos ou nenhum livro em ídiche publicado fora do setor hassídico vendem 1.000 no período de um ano. As novas publicações em iídiche geralmente são auto-publicadas ou por um dos dois editores em iídiche em Israel. Mesmo assim, eles geralmente imprimem apenas algumas dúzias a algumas centenas de cópias.

 Devido ao quão obscura a língua ídiche se tornou ao longo dos anos, o mercado está diminuindo drasticamente, e autores e editores geralmente precisam comercializar seus livros de boca em boca.

Esses empreendimentos raramente são financeiramente lucrativos também. Mesmo Olniansky normalmente imprime apenas 500 cópias de seus livros, embora sua editora receba apoio financeiro do governo sueco, devido à legislação em vigor para financiar a tradução e publicação de obras em línguas minoritárias oficialmente reconhecidas, como o ídiche.A chave para o sucesso de uma tradução em iídiche de Harry Potter , no entanto, é a popularidade do próprio Harry Potter.

 Os livros são alguns dos mais populares e amplamente lidos na história da humanidade e desencadearam uma das franquias de entretenimento mais bem-sucedidas de todos os tempos. Foi traduzido em mais de 80 idiomas, até para idiomas obscuros como o feroês e o latim. De fato, algumas pessoas até usam Harry Potter como uma ferramenta para aprender novos idiomas através das traduções.

Portanto, não surpreende que muitas cópias tenham sido encomendadas por atuais e ex-alunos de língua iídiche. Viswanath espera que o sucesso da tradução possa levar a um interesse renovado no idioma iídiche.

“Estou incrivelmente animado com isso!” Viswanath disse ao The Jerusalem Post . “Acho que o entusiasmo que está gerando diz algo sobre o profundo relacionamento que muitos judeus Ashkenazi sentem com a língua ídiche, mesmo que não o falem. Espero que inspire as pessoas a aprender ídiche, não apenas para ler o livro em si, mas para descobrir os tesouros contidos na literatura ídiche, na música folclórica e no teatro. E para quem fala ídiche, minha esperança é que eles encontrem uma maneira nova e significativa de experimentar Harry Potter , ou até mesmo lê-lo pela primeira vez. ”

Fonte: The Jerusalem Post

Fonte imagem destacada Pixabay

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments

Comments are closed.