A seleção brasileira masculina realizou nesta segunda-feira, 17, o seu primeiro treino visando a estreia nas Eliminatórias da AmeriCup, diante do Uruguai. No Ginásio Max Rosenmann, em São José dos Pinhais, o Brasil trabalhou por mais de duas horas, com Aleksandar Petrovic passando situações táticas para seus comandados. Para os dois duelos contra os uruguaios, a comissão técnica optou por trazer jovens jogadores, dando oportunidade para atletas que certamente estarão por anos ainda defendendo o país. O Brasil pega o Uruguai, na sexta-feira, 21, às 19h30, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, e depois joga no dia 24 em Montevidéu. O GloboEsporte.com transmite ao vivo e o SporTV passa o VT do jogo.
Para o armador Rafa Luz, uma das exceções e com grande experiência pela seleção brasileira, os confrontos da primeira janela não serão fáceis.  O Uruguai vem para as partidas com o que tem de melhor e quer complicar a vida brasileira.- O Uruguai vem com o melhor time que eles podem ter. Jogadores com experiência na Europa, com experiência na Euroliga, o Batista, Fittipaldo, o Barrera, armadores de qualidade com o Parodi. Um time com muita experiência e que jogará o melhor basquete que o Uruguai pode ter hoje. Temos que ter vontade. É um grupo jovem, que vai querer demonstrar para o Brasil que a nova geração tem capacidade para manter um bom nível internacional. Vamos fazer o nosso melhor para o pessoal se sentir orgulhoso dessa evolução do Brasil nos últimos anos – disse o armador Rafa Luz, capitão da equipe ao lado de Jhonatan nesta janela.O treinador Aleksandar Petrovic mostrou-se satisfeito após o primeiro treino pela manhã em São José dos Pinhais.- O primeiro treino é sempre muito importante, onde damos muitas informações para os jogadores, a forma de jogar no ataque, na defesa. E penso que muitas informações já foram passadas. Tudo que mostramos, temos que levar para os próximos treinos. Estou contente, todos querem jogar em um nível alto, estão com muita vontade, e espero coisas boas dessa nova seleção – citou Petrovic.As eliminatórias da Copa América dividem 12 seleções em quatro grupos com quatro países em cada um. Os três melhores avançam para o torneio. O Brasil está no Grupo B com Paraguai, Uruguai e Panamá. Além dos jogos em fevereiro, o time volta a jogar em novembro, no país, diante de Panamá e Paraguai. E duelo fora de casa em fevereiro de 2021 contra os mesmos rivais. A Copa América é classificatória para o Pan de Santiago, no Chile, em 2023.

Foto: Divulgação/CBB

Fonte: CBB

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments

Comments are closed.