Fernando Marchiori também listou o que o time precisa para sonhar com a classificação

A Portuguesa encerrou no último domingo (16) a sequência negativa de cinco rodadas sem vitória. O resultado positivo de 2 a 0 foi ainda mais importante por tirar a equipe da zona de rebaixamento –agora está na 13ª posição- e derrubar o Monte Azul, líder e até então o único invicto do Paulistão A2 Sicredi. 

Em sua primeira partida comandando a equipe no Estádio do Canindé, o técnico Fernando Marchiori destacou o equilíbrio do campeonato e a ótima campanha do líder Monte Azul. “O campeonato é muito equilibrado, as equipes são muito próximas. O Monte Azul vem fazendo um campeonato muito bom, e nós sabíamos que tínhamos que encontrar um equilíbrio dentro dessas competições com um nível técnico muito igual entre os times”, disse.

O treinador também ditou a ‘receita’ para que a equipe possa sonhar em disputar a classificação para os mata-matas. “Não adianta dizer que vamos nos classificar, porque as coisas infelizmente não são assim. Temos quer pensar em um jogo de cada vez, criando corpo, ser mais competitivos, minimizarmos os erros e sermos mais equilibrados durante os noventa minutos”, analisou.

Projetando o próximo confronto, o comandante quer uma equipe pensando em um jogo de cada vez e ressalta a qualidade do adversário. “Agora temos que gastar nossa energia e foco com a Penapolense, porque é outro jogo importante. Costumo dizer que uma casa não pode ser construída pelo teto, precisamos primeiro ter um alicerce, pensar um jogo de cada vez”, concluiu.

No próximo sábado (22), a Portuguesa viaja a Penápolis para enfrentar a Penapolense, pela oitava rodada do Paulistão A2 Sicredi. O jogo será no Estádio Tenente Carriço, às 15h.

Foto: Dorival Rosa/Portuguesa

Fonte: Federação Paulista de Futebol

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments

Comments are closed.