Casa cheia. Festa. E vitória do Brasil. Com o Ginásio Max Rosenmann lotado, o Brasil estreou com vitória nas Eliminatórias da AmeriCup ao bater o Uruguai por 83 a 72 em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Apostando nos jovens que atuam no país, o time comandado por Aleksandar Petrovic bateu o que os uruguaios têm de melhor, mantendo-se praticamente a partida inteira à frente do marcador. Agora, as equipes voltam a se enfrentar na próxima segunda-feira, em Montevidéu, no Uruguai, às 21h, com transmissão ao vivo do SporTV 2. O jogo fecha a primeira janela das eliminatórias.

O pivô Rafael Mineiro foi um dos destaques do Brasil, terminando o jogo com um duplo-duplo de 13 pontos e 11 rebotes, com 26 de eficiência.  Com 15 pontos, Jhonatan e Léo Demétrio foram os cestinhas do Brasil. A partida marcou também a estreia do jovem Gui Santos, de 17 anos, que atuou por 10 minutos e arrancou elogios do técnico Aleksandar Petrovic.

– Mais do que a vitória, o que fica desse jogo são os novos atletas que descobrimos para a seleção brasileira. Nomes como o Léo Demétrio, o Cauê, o Gui Santos, de 17 anos e que fez dez minutos excelentes. É uma nova geração que veio para ficar na seleção brasileira e que será importante para o futuro do basquete do país – disse o técnico Aleksandar Petrovic.

O Brasil começou o jogo abrindo 9 a 0. Mas perdeu o primeiro quarto por 23 a 22. No segundo, mais equilíbrio, mas o Brasil foi para o intervalo vencendo por um ponto. A partida ganhou contornos para a seleção brasileira na parcial de 28 a 18 do terceiro quarto. No último, o Uruguai chegou a apertar nos minutos finais, mas a seleção conseguiu se concentrar e fechou o duelo em 83 a 72.

– Soubemos controlar o jogo, erramos bastante, o Uruguai encostou no placar de novo, mas conseguimos controlar o ritmo na reta final e conquistamos uma excelente vitória – citou o pivô Rafael Mineiro.

Foto: Divulgação/CBB

Fonte: CBB

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments

Comments are closed.