O Itambé/Minas (MG) é campeão sul-americano de clubes pela quinta vez

Nesta sexta-feira (21.02), o time de Belo Horizonte (MG) superou o rival mineiro Dentil/Praia Clube (MG) na partida decisiva por 3 sets a 0 (25/22, 27/25 e 25/16), na Arena Sabiazinho, em Uberlândia (MG). A equipe do treinador Nicola Negro venceu a competição sem perder sets e garantiu vaga no Mundial de clubes que será disputado nesse ano ainda sem data e sede definidos. O San Lorenzo, da Argentina, ficou com a medalha de bronze.

Um dos destaques do time campeão, a central Thaisa comentou sobre a conquista do Itambé/Minas e elogiou a postura de todo o grupo de Belo Horizonte (MG).

“Trabalhamos, lutamos, jogamos com dor e não tiramos férias para conquistar títulos. Hoje jogamos como um time e todas deram o seu melhor o tempo todo. Esse título é a recompensa por tudo isso”, disse Thaisa.

Pelo lado do Dentil/Praia Clube, a central Walewska lamentou a derrota e pediu um maior volume de jogo para o time de Uberlândia (MG).

“Perdemos uma oportunidade de garantir essa vaga para o Mundial dentro de casa. É uma pena, mas agora temos que pensar na Superliga. Hoje pecamos muito no volume de jogo e não estamos conseguindo ser efetivas nos contra-ataques. Temos que acertar isso”, afirmou Walewska.

O Itambé/Minas começou a partida com a levantadora Macris, a oposta Sheilla, as ponteiras Acosta e Rababadzhieva, as centrais Thaisa e Carol Gattaz e a líbero Léia. Entraram durante o jogo a ponteira Kasiely e a central Vivian.

O Dentil/Praia Clube jogou com a levantadora Claudinha, a oposta Martinez, as ponteiras Fernanda Garay e Michelle, as central Walewska e Carol e a líbero Laís. Entraram durante o jogo a levantadora Ananda, as opostas Fawcett e Monique, a ponteira Pri Daroit, a central Fran e a líbero Suelen.

Foto: Raphael Oliveira

Fonte: CBV

Print Friendly, PDF & Email

Facebook Comments

Comments are closed.