fbpx
Esportes

Grêmio e Athletico/PR vencem na estreia da fase de grupos da Libertadores

Compartilhar

Tricolor faz grande exibição na Colômbia e, com gols de Victor Ferraz e Matheus Henrique, vence os donos da casa por 2 a 0 na primeira rodada da Libertadores

Estreia perfeita do Grêmio na Copa Libertadores 2020. Em duelo disputado no Estádio Pascual Guerrero, na Colômbia, o Tricolor Gaúcho atuou de forma segura, se impôs sobre o América de Cali e largou em busca do tetra da Libertadores vencendo por 2 a 0. Victor Ferraz e Matheus Henrique marcaram os gols na noite desta terça-feira (3).

Com o resultado, a equipe do técnico Renato Portaluppi aparece na vice-liderança do Grupo E, somando três pontos (o mesmo número do Internacional, que lidera em função do saldo de gols). O Grêmio volta a campo pelo torneio continental na próxima quinta-feira (12), quando encara o Inter no primeiro Grenal da história da competição.

O Tricolor abriu o placar ainda no primeiro tempo. Na marca dos 14 minutos, Digo Souza cobrou falta, a bola bateu na barreira e sobrou para Victor Ferraz, que saiu de cara com o goleiro Chaux e bateu para colocar os brasileiros em vantagem. O segundo veio logo aos quatro da etapa final: Cebolinha serviu Matheus Henrique, que rolou na entrada da área e acertou um lindo chute.

Pelo Grupo C da competição, Furacão derrotou o time uruguaio por 1 a 0 com belo gol de Bissoni

Estreia com gol de letra! Assim foi a noite do Athletico Paranaense pela primeira rodada da fase de grupos na Libertadores da América. Na Arena da Baixada, o Furacão recebeu o Peñarol-URU e venceu por 1 a 0, com belo gol de Bissoli.

Apesar de maior posse de bola no primeiro tempo, o Athletico não criou muitas chances reais de abrir o placar. Na melhor delas, aos 28 minutos, Adriano cobrou escanteio e Thiago Heleno cabeceou no ângulo esquerdo e acertou a trave. Nas outras, o goleiro Dawson fez boas defesas.

No segundo tempo, o Furacão ficou ainda mais ofensivo, mas seguiu com dificuldade na pontaria. Aos quatro minutos, Carlos Eduardo finalizou com força, vendo a bola passar muito perto da trave esquerda. Depois, Dawson pegou belo chute de Erick e a cabeçada perigosa de Bissoli. Mas, aos 30 minutos, o atacante não foi parado no goleiro uruguaio. Thiago Heleno lançou Nikão, que desceu pela direita, se livrou da marcação e deu assistência para Bissoli completar de letra: 1 a 0.

Com o triunfo, a equipe brasileira aparece na liderança do Grupo C, com três pontos. O próximo compromisso será no dia 11, contra o Colo-Colo, do Chile, em Santiago.

+ Confira a tabela completa da Copa Libertadores
Fonte: CBF
Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo
Translate »