Esportes

Odepa define os esportes dos Jogos Pan-Americanos de Santiago 2023

No total, 33 modalidades foram confirmadas no programa. Outros esportes podem ampliar a lista caso sejam aprovados em junho, em Cali, na Colômbia

Os líderes da Organização Desportiva Pan-Americana (Odepa), movimento Olímpico das Américas, se encontraram esta semana para sua primeira reunião do ano no Comitê Olímpico de Porto Rico, onde foram recebidos pela Presidente Sara Rosario para uma semana de discussões.

Entre os muitos tópicos sobre o futuro do esporte na região, pode-se dizer que o mais importante foi o debate sobre quais esportes farão parte do programa dos Jogos Pan-Americanos de Santiago, em 2023.

Os esportes aprovados para o próximo Pan pelo Comitê Executivo de Esportes da Odepa foram os seguintes: atletismo, badminton, basquete, handebol, softbol, beisebol, boxe, canoagem, ciclismo, hipismo, esgrima, esqui aquático, futebol, ginástica, golfe, hóquei, judô, caratê, levantamento de peso, luta, natação, pentatlo moderno, remo, rúgbi de sete, patinação artística, skate, surfe, taekwondo, tênis, tênis de mesa, tiro com arco, triatlo e vôlei.

Durante a reunião, foi dada muita atenção aos méritos, benefícios e dificuldades de cada esporte no programa esportivo e àqueles que encontraram novos pontos de apoio no movimento olímpico graças à abordagem inovadora da Agenda Olímpica de 2020.

Seguindo as orientações do Comitê Olímpico Internacional (COI), a Odepa tomou a decisão de maximizar os recursos de cada país anfitrião, aprovando o programa esportivo de Santiago 2023 com base nas realidades e desafios do Chile. De acordo com a Agenda Olímpica de 2020, os Jogos não devem exigir um investimento significativo em recursos e infraestrutura que não atendam às capacidades sustentáveis da cidade anfitriã.

O Comitê Executivo ouviu a apresentação de Santiago 2023 antes de ter um longo debate centrado nas propostas oferecidas pelo Comitê Organizador liderado por sua presidente e Ministra do Esporte do chile, Cecilia Pérez.

Entretanto, existem outros esportes que podem ser incluídos nesta lista e que entrarão em um processo de estudo pela Opeda. Eles podem ser incluídos desde que haja infraestrutura de qualidade e isso não signifique mais investimento para a cidade anfitriã. Essa possibilidade se abre para não prejudicar os atletas que desejam participar dos Jogos Pan-Americanos na capital chilena.

A decisão final de incluir esses esportes será tomada no próximo Comitê Executivo de Esportes da Opeda, na primeira semana de junho, em Cali, na Colômbia.

Foto: Fabriciano Junior/Neutrox

Fonte: Organização Desportiva Pan-Americana
Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo