Esportes

Vai subir a bola para a LBF 2020

Compartilhar

A décima edição da LBF CAIXA começa neste domingo (8) com uma grande novidade ao fã do basquete feminino. A partida de abertura entre Ituano Basquete e Santo André/Apaba, marcada para as 15 horas, será transmitida pela TV Cultura, nova emissora oficial da LBF.

E os olhos do basquete feminino brasileiro voltam-se agora para a LBF. Contando com oito equipes, duas a menos em relação ao ano passado (Uninassau e São Bernardo não se inscreveram), a liga dribla as dificuldades de sempre e dá o pontapé inicial para sua 10ª edição.

Apesar de ser o Campeonato Nacional de Clubes, apenas quatro estados estarão representados nessa temporada: São Paulo com cinco times, Santa Catarina, Rio de Janeiro e Maranhão com uma equipe cada. Serão quase 100 atletas em atuação, numero pequeno em relação ao tamanho de nosso país.

Um clássico abre a temporada: ITUANO e SANTO ANDRÉ se enfrentam no dia Internacional da Mulher, oito de março. Será o confronto entre Antonio Carlos Barbosa e Arilza Coraça. Contando com atletas conhecidas como Palmira, Chuca, Mari Dias, Alana, Sangali, Fabi Caetano, Joice Rodrigues (por Itu), e Ariadna, Jacque Silvestre, Lays Silva, Maria Carolina e Letícia Rodrigues (pela equipe do ABC), a estreia promete animar a torcida e embalar o campeonato.

Mais duas equipes do interior paulista se enfrentam na 1a semana de liga: o sempre competitivo VERA CRUZ CAMPINAS (de Karla Costa, Patty, Babi e Tássia) enfrenta o SOROCABA (de Aruzha, Nonato, Milena e Lorena).

Não há como negar o favoritismo do SAMPAIO CORREIA, atual campeão. Sob a batuta de Virgil Lopez, o elenco conta com quase meia seleção brasileira: Tainá, Rapha Monteiro, Tati Pacheco, Ramona e Erika, que se integrará ao longo do campeonato. Como se não bastasse, na armação a espetacular Meli Gretter, e as excelentes pivôs Gil e Gabi (ex Itu). O time maranhense estreia contra o SESI ARARAQUARA, que manteve a armadora Débora Costa em ótima fase, além das irmãs Karen e Silvinha. Aline Moura, que ainda se recupera da contusão que sofreu no Pan de Lima, será um ótimo reforço, se conseguir voltar nessa temporada.

Prosseguindo no projeto que ja esta no 4o ano consecutivo, BLUMENAU contará com Nicole Chirinda e Leila (ex Uninassau), Karina Jacob, e o retorno as quadras de Joice Coelho e Cacá, o time de João Camargo promete uma campanha melhor que 2019, quando caiu nas quartas.

Fechando as equipes, o LSB, comandado por Guilherme Vos, apresenta como principais destaques o retorno da revelação da liga em 2018 Thayná Silva (hoje com 24 anos) e a jovem Adrielly (17 anos e 1,93 m). Além da LBF, o time carioca será o representante brasileiro na liga sul-americana de clubes neste ano.

O site da liga de basquete feminino informa apenas as datas dos jogos do 1o turno (que finaliza em 16 de abril). Como teremos convocação para seleção brasileira que disputará o sul-americano em Cali – Colômbia, de 25 a 30 de maio, em breve saberemos como será administrada esta janela, bem como o período do jogo das estrelas e playoffs.

Fica a torcida para um excelente campeonato, onde possamos ver o surgimento de novos talentos e a reafirmação dos já conhecidos. Que os treinadores surpreendam e mostrem que podemos realizar uma liga tecnicamente forte. E, sobretudo, que os patrocínios, apoios e parcerias se mantenham e que surjam mais, mais e mais. Nossas meninas merecem e precisam.

Fonte: CBB
Print Friendly, PDF & Email

Compartilhar

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo