Esportes

Resumo dos jogos de quarta-feira pela 3ª fase da Copa do Brasil

Figueirense 1 x 0 Fluminense

Em uma primeira metade de jogo bastante truncada, uma boa oportunidade de gol só apareceu aos 27 minutos de partida. E foi para os donos da casa. Marquinho recebeu bola na intermediária e decidiu arriscar de longe, batendo com força. A bola foi ao lado do goleiro Muriel, mas dando susto no camisa 27 tricolor.

Na reta final de etapa inicial, o Fluminense cresceu na partida e levou perigo ao gol do Figueirense. Aos 46, Marcos Paulo recebeu cruzamento e desviou para o gol, mas o goleiro Sidão voou no canto para buscar. Em seguida, Nenê mandou uma pancada de longe, mas o arqueiro alvinegro novamente fez boa intervenção, mantendo o placar em 0 a 0.

Na volta da conversa nos vestiários, o time do Rio de Janeiro foi quem levou perigo primeiro. Logo aos quatro minutos, Nenê colocou a bola na medida para o atacante João Paulo. Livre, o garoto finalizou de primeira, mas pegou errado da bola, ficando fácil para o goleiro Sidão.

A partir daí, o Figueirense cresceu na partida e, com o apoio da torcida, partiu para cima. A pressão deu resultado aos 37 minutos do segundo tempo. Diego Gonçalves recebeu pela esquerda e tocou para Everton. O atacante foi até à linha de fundo e cruzou na medida para o zagueiro Alemão, que foi mais alto do que todo mundo e só teve o trabalho de testar para o fundo das redes: 1 a 0 para os mandantes.

Juventude – RS 1 x 1 América – RN

O primeiro tempo em Caxias do Sul começou equilibrado. O Juventude teve uma boa oportunidade logo aos 11 minutos de bola rolando, quando Bruno Alves avançou pelo meio e finalizou de fora da área com perigo. Em outra chance, Renato Cajá também chutou de longe, mas por cima do gol. O América-RN buscava o ataque, mas não conseguia a infiltração. Até que, aos 37, Dione avançou pela esquerda, cortou para o meio e finalizou com categoria para vencer o goleiro Marcelo Carné e abrir o placar.

O jogo seguiu com boas chances na etapa complementar. Querendo o empate, o Juventude chegou perto aos cinco minutos, quando Renato Cajá finalizou de longe e viu Ewerton pular no canto direito para fazer a defesa. No minuto seguinte, o goleiro do time gaúcho também foi bem ao defender o chute de fora da área de Dione. Pressionando, o Ju assustou em boas chegadas de John Lennon, Iago Dias, Lucas Ontivero e Bruno Nunes até que finalmente conseguiu o empate. Aos 38 minutos, após bom cruzamento pela esquerda, Iago Dias subiu sozinho e cabeceou para dar números finais à partida: 1 a 1.

Ferroviária – SP 0 x 0 America – MG

Primeiro tempo sem gols na Fonte Luminosa. Tanto a Locomotiva quanto o Coelho tiveram oportunidade para abrir o placar. A Ferroviária, no entanto, conseguiu criar chances mais claras. Mas, nos minutos finais, a equipe mineira também esteve perto de marcar. O goleiro Airton protagonizou boas defesas para o Coelho.

A Locomotiva voltou do intervalo e seguiu ensaiando a pressão. Na marca dos 11, Claudinho arriscou um chute forte e acertou o travessão mineiro. Aos 20, Caio Rangel bateu cruzado e tirou tinta da trave de Airton. O América-MG, já aos 43, por pouco não marcou com Felipe Augusto, mas Saulo defendeu com os pés e salvou o time da casa. 

Atlético – GO 2 x 0 São José – RS

Mesmo jogando em casa, o Atlético-GO demorou alguns minutos para conseguir impor seu jogo. No entanto, aos 31 minutos do primeiro tempo, o Dragão conseguiu inaugurar o marcador com Nicolas. O lateral experimentou de longe e soltou uma bomba. O goleiro Fábio ainda triscou nela, mas não conseguiu evitar o tento rubro-negro.

Aos 42 foi a vez do artilheiro Renato Kayzer deixar sua marca. O camisa 9 aproveitou bobeada da defesa do São José, driblou o goleiro e só rolou para o fundo das redes, marcando o segundo do Atlético-GO: 2 a 0.

Com uma boa vantagem, o Dragão administrou bem o resultado no segundo tempo. Aos 13, Renato Kayzer esteve perto de marcar mais um, após ótimo lançamento de Jorginho. Porém o chute forte do centroavante se perdeu pela linha de fundo.

Aos 38, o São José teve boa chance para diminuir. Thayllon fez o lançamento para Rafael Tavares, que finalizou de cabeça. No entanto o goleiro Kozlinski fez a defesa e garantiu a vitória do Atlético-GO por 2 a 0.

Cruzeiro 0 x 2 CRB

O CRB largou na frente em busca de uma das vagas na quarta fase da Copa do Brasil 2020. Jogando fora de casa, no Mineirão, o Galo da Pajuçara enfrentou o Cruzeiro e venceu pelo placar de 2 a 0. O atacante Léo Gamalho fez os dois gols do triunfo da equipe alagoana. Na volta, o time de Maceió pode perder por até um gol de diferença para se classificar.

Mesmo jogando fora de casa, o CRB foi quem aproveitou melhor as oportunidades de gol no primeiro tempo. Ainda nos primeiros minutos, aos 16, Léo Gamalho recebeu bom cruzamento de Erik e cabeceou para o fundo das redes, não dando chance para o goleiro Fábio e colocando o Galo da Pajuçara em vantagem.

No segundo tempo, o time de Alagoas ampliou o marcador logo aos 13 minutos. Dudu fez ótima jogada e deixou Léo Gamalho livre para fazer seu segundo gol da noite, o segundo dos visitantes no Mineirão.

Fonte: CBF
Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo