Esportes

Resumo dos jogos de quinta-feira pela 3ª fase da Copa do Brasil

Ceará 1 x 0 Vitória 

Com o apoio da torcida, que compareceu em peso no Castelão, o Ceará partiu para cima do Vitória logo nos primeiros minutos de partida. Aos seis minutos, Vinícius fez jogada pela direita e rolou para Ricardinho, que, da entrada da área, mandou uma bomba. O goleiro Lucas, no entanto, foi bem para fazer uma ótima defesa.

De tanto que martelou, o Vozão finalmente conseguiu inaugurar o marcador aos 43 minutos da etapa inicial. Vinícius cobrou falta pela esquerda da área e colocou na cabeça de Rafael Sóbis. O atacante ainda contou com um desvio na zaga para acabar com as chances de Lucas e ver a bola morrer no fundo das redes: 1 a 0 para o Ceará.

No segundo tempo, o Ceará permaneceu em cima, mas viu o Vitória quase empatar aos 18 minutos. Magrão pegou a sobra da defesa e bateu para o gol. A bola ainda desviou na defesa do Leão, matando o goleiro Fernando Prass. Quando ela já se encaminhava para o gol, Samuel Xavier tirou em cima da linha e manteve o Vozão na frente.

Ponte Preta 3 x 0 Afogados – PE

Uma das grandes surpresas da Copa do Brasil até então, o Afogados apostou em se fechar bem e sair no contra-ataque nos primeiros minutos contra a Ponte Preta. Foi assim que, aos 14, o time pernambucano criou a primeira oportunidade clara de gol. Diego Ceará encontrou Rodrigo pela direita, que dominou e finalizou com força no canto de Ivan, mas não conseguiu balançar as redes.

A partir daí, a Macaca cresceu no jogo e passou a levar perigo. Aos 37, os donos da casa pularam na frente no marcador. Jeferson fez jogada pela direita e tentou encontrar o atacante Roger. Mas o zagueiro Héverton, do Afogados, tentou cortar e acabou mandando contra o patrimônio. Ponte Preta em vantagem em Campinas (SP).

Logo no início da segunda etapa, a Ponte voltou a marcar. Logo após desperdiçar um pênalti, o atacante Roger se redimiu depois de passe de Safira. O atacante ganhou da defesa e bateu rasteiro, fazendo o segundo gol da Macaca. Aos 20, foi Bruno Reis que deixou sua marca. Em cobrança de escanteio, o jogador dominou livre e bateu para fazer o terceiro da Macaca: 3 a 0.

Vasco 0 x 1 Goiás

Com chances para ambos os lados e os goleiros fazendo boas defesas, o Vasco chegou a balançar as redes primeiro, mas viu o tento ser anulado pela arbitragem. Em bom contra-ataque pela direita, Vinícius encontrou Andrey, que mandou uma bomba. Tadeu fez boa defesa, mas a bola sobrou dividida entre a zaga e o atacante Gérman Cano, que empurrou para o gol. No entanto o árbitro flagrou o toque de mão do argentino.

Quando o jogo já se encaminhava para o intervalo, o time esmeraldino ficou em vantagem. Em bola levantada na área, o zagueiro Fábio Sanches pegou a sobra e finalizou com força. Fernando Miguel ainda tocou nela, mas não conseguiu impedir que o Goiás saísse na frente em São Januário: 1 a 0 para os visitantes.

No segundo tempo, o Vasco tentou partir para cima com o apoio do torcedor, que compareceu em bom número na Colina Histórica. Aos nove, Leandro Castan recebeu dentro da área e bateu de canhota. Parte das arquibancadas chegou a comemorar gol, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora.

Aos 14, foi o goleiro Tadeu quem salvou o Goiás. O volante Raul recebeu na entrada da área e arriscou, mandando uma bomba de perna direita. A bola ia no cantinho, mas o camisa 1 esmeraldino voou certo para espalmar e garantir a vitória do time do Centro-Oeste.

Brasil – RS 0 x 1 Brusque – SC

Mesmo jogando longe de seus domínios, o Brusque foi quem criou as chances mais perigosas durante o primeiro tempo. O resultado veio aos 43 minutos, quando o time catarinense finalmente conseguiu furar a defesa do Brasil. Rodolfo Potiguar recebeu bom passe e serviu Thiago Alagoano. O atacante dominou e bateu de canhota, sem chances para o goleiro Rafael Martins.

Na volta dos vestiários, o Brasil foi para cima e quase empatou já nos primeiros minutos. Nathan Cachorrão deu ótima bola para Simão, que cabeceou para o gol. No entanto o goleiro Zé Carlos apareceu bem para fazer a intervenção e impedir que o Brusque sofresse o empate. Ambos os times ainda criaram boas oportunidades de gol, mas a partida terminou com a vitória dos catarinenses por 1 a 0.

Fonte: CBF

Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo