Mundo Militar

Aditância do Brasil no Equador apoia repatriação de brasileiros

Quito (Equador) – No dia 30 de março, a Embaixada do Brasil no Equador realizou uma operação de repatriamento de 149 brasileiros que ficaram retidos em território equatoriano, em decorrência de medidas de isolamento ante a pandemia da COVID-19.

A Aditância do Exército participou do planejamento e execução do translado da zona norte de Quito até o Aeroporto Internacional Mariscal Sucre. Entre os muitos impedidos de regressar, estavam a Equipe Paralímpica Brasileira de Natação, além de quatro militares das Forças Armadas. Ao final, todos foram embarcados em um voo humanitário, contratado pelo Ministério das Relações Exteriores, e regressaram ao Brasil em segurança.

Fonte: Portal de Imprensa do Exército Brasileiro

Print Friendly, PDF & Email

Marcos Ferreira

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo