Esportes

Supercopa, que originou a criação da Liga Nacional de Basquete, foi vencida pelo Franca há 12 anos

Uma competição marcante e que abriu espaço para a criação do NBB. Essa foi a Supercopa de 2008, que, recentemente, completou 12 anos. Essa foi a segunda iniciativa de campeonato do esporte da bola laranja organizado pelos clubes (a primeira foi a Nossa Liga de Basquete – NLB – em 2005), dessa vez, contando com oito times paulistas: Araraquara, Assis, Bauru, Franca, Limeira, Paulistano, Pinheiros e São José.

Iniciada em 28 de fevereiro de 2008, a Supercopa teve o Franca como primeiro e único campeão. Após ser primeiro colocado na fase de grupos com 22 vitórias e 6 derrotas, o time francano levantou o título no dia 5 de junho ao bater o Assis na final por 3 a 1, na série melhor de cinco jogos.

Em entrevista ao site Globoesporte.com, Helinho, armador e capitão do Franca em 2008, falou sobre a origem da Supercopa e o que ela impactou.

“Os clubes entraram em atrito com a CBB, pois queriam gerir o próprio campeonato e isso não era permitido. As equipes paulistas se uniram e fizeram a Supercopa. A gente nem fala muito disso, mas representou muito aquela iniciativa. Foi o precursor do NBB, sem dúvida. Essa união dos clubes levou à formação da Liga Nacional de Basquete e a criação do NBB”, relembrou Helinho, que atualmente é o técnico do Sesi Franca.

“A experiência que tivemos na Supercopa fez com que os clubes paulistas se unissem muito e mirassem desafios maiores, como a possível criação de uma liga nacional” relembra Cassio Roque, presidente da Supercopa e, o segundo presidente da LNB (de 2013 a 2016).

Quase dois meses depois, em 1o de agosto, foi criada a Liga Nacional de Basquete (LNB), que reuniu os principais clubes do Brasil e suas lideranças para a organização de um novo campeonato nacional.

Com a chancela da CBB e a parceria da Rede Globo, a LNB criou o Novo Basquete Brasil (NBB), que passou a ser oficialmente disputado no dia 28 de janeiro de 2009, com a participação de 15 clubes: Araraquara (SP), Assis (SP), Bauru (SP), Brasília (DF), Cetaf/Vila Velha (ES), Flamengo (RJ), Franca (SP), Joinville (SC), Lajeado (RS), Limeira (SP), Minas (MG), Paulistano (SP), Pinheiros (SP), Saldanha da Gama (ES) e São José (SP).

“Com a união dos clubes paulistas, Minas, Flamengo, Brasília e outras importantes lideranças do basquete no Brasil viram uma grande oportunidade de criar a Liga Nacional de Basquete. A Nossa Liga de Basquete iniciou um movimento em 2005 e a Supercopa determinou que era o momento de criarmos uma liga independente”, afirmou Kouros Monadjemi, primeiro presidente da LNB (de 2009 a 2012). “É bonito ver que a união e democracia sempre foram pilares fundamentais da Liga e que se mantém intactos até hoje”, completou.

Desde a criação do NBB, já foram 11 temporadas realizadas, além da criação da Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB), que visa desenvolver novos talentos, a Copa Super 8, que reúne os 8 melhores colocados no primeiro semestre para um torneio curto entre o primeiro e o segundo turnos. A Liga Nacional de Basquete também é responsável pela organização de um dos maiores eventos esportivos do país, o Jogo das Estrelas.

Pelas quadras do NBB, astros como Alex Garcia, Marquinhos, Marcelinho Machado, Guilherme Giovanonni e Nicolás Laprovittola fizeram história, além de prodígios do basquete nacional que hoje são realidade na Seleção Brasileira, como Didi, Bruno Caboclo, Yago e Cristiano Felício. A competição também repatriou astros da NBA, como Anderson Varejão e Leandrinho.

Na edição de 2019/2020, o NBB fez história, mais uma vez, ao ter todos os seus jogos transmitidos. Band, ESPN, Fox Sports, DAZN, Twitter, Facebook e Twitch são as sete plataformas em que o fã da bola laranja pode assistir às partidas do campeonato.

O NBB é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), com chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) e em parceria com a NBA, e conta com os patrocínios oficiais da Budweiser, Unisal, Nike, Penalty, Plastubos e VivaGol e o apoio da Pátria Amada Brasil – Governo Federal.

Foto: Divulgação/LNB
Fonte: LNB
Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo