News

Países da Cepal debatem os impactos da pandemia do novo coronavírus nas mulheres

Por meio de videoconferência, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) participou, na última quarta-feira (8), de reunião com os países membros da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal). O tema do encontro foi os impactos econômicos e sociais da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) para as mulheres.

De acordo com dados apresentados pela Cepal, as mulheres estão vinculadas aos setores mais afetados pela crise. As projeções indicam aumento de 3,5% na pobreza, o que pode gerar um impacto negativo para 107 milhões de mulheres.

Representantes da ONU Mulheres destacaram também a influência da crise para as trabalhadoras do mercado informal e algumas iniciativas adotadas pelos países, como o Uruguai, que construiu o trabalho com base em 5 pilares: comunicação, cooperação, sistema de informação, participação social e financiamento.

Para a titular da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres, Cristiane Britto, as medidas adotadas no Brasil estão em sintonia com as ações promovidas pelas instituições de proteção às mulheres dos demais países.

“Entre as medidas adotadas no âmbito do Governo Federal, ressalto o reforço na rede de atendimento, com a ampliação do alcance do Disque 100 e do Ligue 180, o auxílio às trabalhadoras informais e as campanhas de sensibilização”, comentou.

Outro destaque foi a apresentação do “Observatório COVID-19”, que já está disponível para consulta (incluir link: https://www.cepal.org/es/temas/covid-19). Na plataforma, aberta ao público, é possível encontrar pesquisas, notícias e recomendações sobre o tema.

Fonte mdh.gov.br

Imagem destacada Pixabay

Print Friendly, PDF & Email

Joice Maria Ferreira

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre as atualidades sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo