Ministério Damares lança ação para confecção de materiais de prevenção ao coronavírus

Ministério Damares lança ação para confecção de materiais de prevenção ao coronavírus

Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) iniciou, nesta quarta-feira (8), a ação “Tecidos para confecção de materiais de prevenção ao COVID-19”.

Em parceria com o programa Pátria Voluntária e com os Correios, a campanha da Secretaria Nacional de Política para as Mulheres (SNPM) consiste na disponibilização de tecidos para a confecção de diversos materiais que serão distribuídos à população mais vulnerável durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Máscaras para proteção, toucas para uso pessoal, mochilas para distribuição de kits para moradores de rua com manta, colchonete ou saco para dormir serão confeccionados.

“É uma ação louvável do nosso ministério e todos os nossos parceiros. Eu quero conclamar todos a se inscrever e nos ajudar. É hora de união”, destacou a ministra Damares Alves.

Os Correios, que já são parceiros da SNPM no projeto “Salve uma Mulher”, iniciaram a primeira etapa da ação, com a disponibilização de 5 toneladas de tecidos.

“O trabalho une solidariedade e prevenção para atender justamente quem mais precisa de ajuda nesse momento de pandemia”, ressaltou a secretária nacional de políticas para as mulheres, Cristiane Britto.

A ação conta com o apoio da Virada Feminina de São Paulo, que já mobilizou diversas instituições interessadas em confeccionar os materiais.

Poderão aderir à campanha:

Podem participar da ação: estados, municípios e o Distrito Federal; associações, sociedades cooperativas capacitadas para execução das atividades de interesse público e de cunho social; organizações religiosas que se dediquem a atividades ou a projetos de interesse público e de cunho social; entidade privada, que tenha expertise na ação a ser desenvolvida e deseje oferecer seu conhecimento.

As instituições voluntárias deverão comprovar que possuem o espaço físico, os recursos humanos e o maquinário necessário para a realização da ação. Os interessados devem ainda seguir as orientações do Ministério da Saúde, no que se refere aos cuidados com voluntários e a produção de máscaras.

Passo a passo:

As instituições interessadas em confeccionar ou distribuir os materiais devem se cadastrar na plataforma do Programa Pátria Voluntária e aguardar o envio de comunicado confirmando adesão à campanha.

A fase seguinte é a retirada dos tecidos. Os responsáveis devem se dirigir a uma das sedes dos Correios, que estão localizadas nas capitais do país. Cada instituição poderá retirar até 20 kg por costureira.

As instituições que optarem por confeccionar o material, devem realizar a higienização antes da entrega.

Fonte mdh.gov.br

Imagem destacada Pixabay

Print Friendly, PDF & Email