Esportes

Santos encerrava tabu e voltava a ser campeão na Vila Belmiro há 14 anos

Clube da Baixada Santista era campeão estadual após 22 anos e levantava uma taça em seu estádio após 41 anos

O dia 9 de abril pode ser guardado com carinho na lembrança do torcedor santista. Nesta data, em 2006, sob a batuta de Luxemburgo, o Santos vencia a Portuguesa, encerrava um tabu de 22 anos sem a conquista do Campeonato Paulista e voltava a levantar uma taça na Vila Belmiro após mais de quatro décadas. 

Sendo disputado por pontos corridos, mesma fórmula do ano anterior, os 20 participantes se enfrentaram em turno único. Com 43 pontos, um a mais que o São Paulo, o clube da Vila Belmiro confirmou a conquista paulista apenas na última rodada, diante da Portuguesa, que acabou sendo rebaixada à Série A2.

O título

Santos e São Paulo chegaram à última rodada separados por apenas um ponto (40 a 39), em vantagem para o Alvinegro Praiano. Na rodada derradeira, o time de Santos enfrentou a Portuguesa, na Vila Belmiro, enquanto o São Paulo encarou o Ituano, em Mogi Mirim.

Para ser campeão, o Santos precisava fazer o mesmo resultado que o São Paulo, já que tinha vantagem na pontuação. Logo no início do confronto, o alto-falante da Vila Belmiro anunciou o tento são-paulino em Mogi Mirim. Por outro lado, a apreensão no estádio santista se foi aos 23 minutos, quando o meio-campista Cléber Santana -envolvido no trágico aceidente aéreo quando defendia a Chapecoense- aproveitou cruzamento de Léo Lima e abriu caminho para o triunfo alvinegro.

Ainda na primeira etapa, após cruzamento do lateral Kléber, o zagueiro Leonardo cabeceou contra o gol defendido por Gléguer e ampliou a vantagem do Santos, que comandado por Vanderlei Luxemburgo, fez valer a melhor defesa do Campeonato Paulista para segurar o resultado e confirmar mais uma conquista estadual. Em 19 jogos; o Santos acumulou 14 vitórias, um empate e quatro derrotas, com 33 gols a favor e 19 contra.

Fim do tabu

Com o título paulista, o 15º de sua história na época, o Santos encerrava um tabu de 22 anos sem a principal conquista do estado. A última havia sido em 1984, quando Serginho Chulapa foi o cara da campanha.

Outro tabu que foi derrubado foi o de levantar o caneco na Vila Belmiro. A última vez que o troféu tinha sido erguido no estádio santista havia sido em 1965, na goleada sob o Juventus por 4 a 0, pelo Campeonato Paulista, quando também foi disputado sob sistema de pontos corridos.

Uma curiosidade é que a taça do Campeonato Paulista foi levada até a Vila Belmiro via transporte aérero por meio de um helicóptero, já que duas equipes tinham a oportunidade de conquistar a taça.

Ficha técnica:
Santos 2 x 0 Portuguesa
Local:
 Vila Belmiro, em Santos;
Data: 9 de abril de 2006;
Público: 19.658 pagantes;
Renda: R$ 300.590,00.

Árbitro: Wilson Luiz Seneme;
Auxiliares: Nilson de Souza Monção e Vicente Romano Neto.

Gols: Cléber Santana aos 23min e Leonardo (c) aos 28min do primeiro tempo.

Santos: Fábio Costa; Fabinho, Ronaldo, Ávalos e Kleber; Wendel, Maldonado (Heleno), Cléber Santana e Léo Lima (Rodrigo Tabata); Geílson (Magnum) e Reinaldo. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Portuguesa: Gléguer; Jackson, Bruno, Emerson e Leonardo; Alexandre, Rai (Joãozinho), Sandro e Cléber (Esley); Diogo e Johnson (Anderson). Técnico: Edinho Nazareth.

Foto: Acervo Histírico Santos FC
Fonte: FPF
Print Friendly, PDF & Email

Wesley Lima

Colunista associado para o Brasil em Duna Press Jornal e Magazine, reportando os assuntos e informações sobre atualidades culturais, sócio-políticas e econômicas da região.
Botão Voltar ao topo