Governo Bolsonaro adquire mais 4,3 mil respiradores pulmonares

Governo Bolsonaro adquire mais 4,3 mil respiradores pulmonares

O Ministério da Saúde assinou, na segunda-feira (13), contrato que prevê a compra de mais 4.300 respiradores da empresa brasileira Intermed Equipamento Médico Hospitalar. O investimento federal para a aquisição desses novos equipamentos é de R$ 258 milhões. Com a nova compra, o número de respiradores adquiridos desde o início da pandemia passou a ser de 11 mil. A aquisição é de extrema importância, porque os respiradores são usados em casos graves de contaminação pelo novo coronavírus.

Na semana passada, o Ministério da Saúde já havia assinado contrato para a compra de 6.500 respiradores de outra empresa com produção nacional, a MagnaMed. O Governo também recebeu 13 de respiradores da Receita Federal, que foram apreendidos quando, provavelmente, seriam enviados para outros países. 

Sobre o aproveitamento de equipamentos que estão parados, com defeitos, o secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, falou que há uma iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) para fazer a manutenção de respiradores que não estão funcionando nos hospitais.

“A nossa estimativa no primeiro levantamento é que existam quase 4.000 respiradores nessas condições, nós temos pontos de manutenção em diversos estados brasileiros, e a logística de transporte de equipamentos está sendo feita pelo Ministério da Defesa”, afirmou.

Os hospitais que tenham respiradores precisando de manutenção podem solicitar o serviço ao Senai pelo site www.senai.br/respiradores .

Fonte gov.br

Print Friendly, PDF & Email